"Não é, claramente, um clube do distrito de Évora" que vai participar no CNS, diz Amaro Camões (c/som)

A Associação de Futebol (AF) de Évora não será representada por qualquer clube do distrito na temporada 2013/2014 do Campeonato Nacional de Seniores (CNS). A garantia é dada a esta Estação Emissora pelo presidente da associação eborense, Amaro Camões.

A competição decorrerá pela primeira vez no próximo ano, substituindo a II Divisão, de onde resulta a extinção da III Divisão. Em prova estarão 60 equipas: 39 que no final da época conseguiram a manutenção da II divisão, 3 que descem da divisão de honra, os 18 clubes vencedores dos campeonatos distritais/regionais. O Oriolenses, depois de ter vencido a Divisão de Honra, rejeitou a subida ao próximo escalão, por não ter condições económicas nem logísticas para a competição. A rejeição foi a resposta dos restantes clubes que, estando habilitados, informaram que não teriam capacidade para disputar a nova competição.

Face às rejeições, o Atlético Sport Clube de Reguengos de Monsaraz, 4º classificado na série F da 3ª Divisão, mostrou-se disponível para competir no Campeonato Nacional de Seniores. Contudo, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) rejeitou a participação da equipa alentejana.

Amaro Camões referiu à Rádio Campanário que a decisão foi tomada com toda a legitimidade, uma vez que o Atlético de Reguengos não cumpre os requisitos para entrar no campeonato. A AF Évora aceita a decisão e nada fará junto da FPF para alterar a situação.

O presidente da equipa reguenguense, Joaquim Passinhas, não tem a mesma opinião que Amaro Camões, dizendo que o clube continuará a protestar, ainda que assuma que muito pouco poderá ser feito. O dirigente refere que a descida de divisão acontece por razões administrativas, uma vez que se a 3ª divisão não tivesse sido extinta, seria aí que o clube competiria na próxima temporada. O responsável vai mais longe e diz que já estará escolhida uma equipa do Porto para preencher a vaga que seria destinada aos clubes de Évora.

É ainda de salientar que no Regulamento do Campeonato de Seniores pode ler-se que “no caso de um ou mais Clubes, que tenham garantido desportivamente a possibilidade de disputar o Campeonato Nacional de Seniores, não reunirem os requisitos regulamentados de inscrição nesta Prova, os seus lugares são preenchidos pelos representantes das Associações Distritais com maior número de Clubes a disputarem provas oficiais de Seniores em futebol 11 masculino”. 

Campanário TV