08 Fev. 2023
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

    O líder do Chega revelou ao jornal Expresso que seria bom para a Direita em Portugal, e que gostava de formar governo com o antigo Primeiro-Ministro. André Ventura diz ainda que Passos Coelho lhe deu a mão no passado e que esse é um aspeto que o líder do partido de extrema direita nunca vai esquecer, afirmando “eu devo-lhe isso”.

    Rui Rio, o atual líder da oposição, já tornou público que nunca faria parceria com o Chega. André ventura refere no entanto que relativamente às eleições nos Açores foi um projeto seu. “Saiu tudo da minha cabeça (…) falei com alguns dirigentes mas não vou revelar quais.

    André Ventura também menciona que o PSD tem vergonha dele. “Não só o PSD, como infelizmente  uma parte do setor político em Portugal”.

 

A atualidade de hoje dá-nos conta de que com a Lei de Contratação Pública, há Presidentes escolhidos sem ter concluído a sua formação. Perante este facto, o deputado centrista afirma que o Presidente da República “ esteve bem” em vetar o que o governo Socialista aprovou.

Quanto ao caso do crime cometido pelos agentes do SEF, “Um ato ignóbil e covarde” foi a expressão usada por Nuno Melo no seu espaço de comentário semanal na antena da Rádio Campanário, para classificar a morte do cidadão ucraniano assassinado no aeroporto de Lisboa. Quanto à tutela deste caso, quer o Ministro do Ministério da Administração Interna (MAI), quer António Costa não assumiram a melhor posição. “Quando se deu a tragédia de Entre-os-Rios, o Ministro Jorge Coelho demitiu-se, e bem, e não era ele que andava a inspecionar as pontes em Portugal. O Ministro (Eduardo Cabrita) obviamente não é culpado, mas acarta com a responsabilidade do estado. Esta manutenção do cargo é um exemplo do pior.

O Ministro já se devia ter demitido. Este ministro não está em condições de fazer reforma nenhuma. Ficou-se sempre com a ideia de que fosse o que o Ministro fizesse, seria sempre para salvaguardar o cargo. Nuno Melo refere que a pasta deste Ministério tem de ter outro rosto. “Terá que ser uma pessoa nova, com o contador a zero (…) o que se passou foi um ato de tortura (…) o Ministro Eduardo Cabrita neste momento não tem credibilidade.

Relativamente à questão da TAP, Nuno Melo diz “não somos um país como a Alemanha ou a França, mas temos uma companhia aérea que rivaliza. A TAP deve ser reconduzida à nossa capacidade. Eu prefiro ter uma companhia mais pequena mas que seja viável, do que ter um elefante branco que leva o essencial do nosso esforço e dos nossos impostos”.

“O governo socialista conseguiu uma coisa inédita: em plena pandemia mundial em que toda a gente perde dinheiro, houve um cidadão brasileiro, acionista da TAP, que levou milhões para casa. O governo basicamente disse: “tome lá muitos milhões (…) que o Estado fica aqui a pagar o prejuízo”.

    António Costa faz esta manhã o teste à Covid-19. Na sequência de ter estado ontem com o Presidente da França, Emmanuel Macron, que hoje testou positivo.
    O Presidente francês vai ficar, pelo menos, sete dias em isolamento depois de apresentar os sintomas associados ao novo corona vírus. O gabinete de António Costa ainda não esclareceu se o Primeiro-Ministro está ou vai ficar em isolamento. Recorde-se que, nestes casos a Direção Geral de Saúde obriga a uma quarentena de 14 dias.
    António Costa esteve com Emmanuel Macron, no Palácio do Eliseu nesta quarta-feira.
    A notícia vem a público no dia em que é votada na Assembleia a proposta para o novo estado de emergência.

A Associação Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), lança hoje mais uma campanha de sensibilização para um Natal mais seguro. Ainda que estejamos a atravessar a quadra natalícia em condições excecionais, o importante é sempre dar prioridade à segurança de todos.

A sinistralidade rodoviária só é reduzida com a colaboração de todos nós, realça a ANSR, que visa sensibilizar os portugueses.

Por isso, todos os condutores que necessitem mesmo de fazer deslocações, recomenda-se que façam as viagens depois de repousar, não devem conduzir mais de oito horas por dia, façam pausas de 15 a 20 minutos a cada duas horas de condução. O uso de telemóvel ao volante, para além de proibido, é também altamente desaconselhado. Obrigatório é também o uso do cinto de segurança e o respeito pelos limites de velocidade.

Relembra-se ainda para quem se faça à estrada não ingira bebidas alcoólicas. A campanha “O melhor presente é estar presente” arranca hoje e será divulgada na televisão, rádio e meios digitais.

A Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, garantiu que As pessoas não precisam de fazer nada, [a prorrogação] será automática".

Esta é uma medida prevista no Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) por iniciativa do Partido Comunista, que prorroga por seis meses os subsídios de desemprego que terminarem no próximo ano.

A proposta do PCP refere que “Excecionalmente, os períodos de concessão do subsídio de desemprego que terminem em 2021 são acrescidos de seis meses”

A Ministra refere ainda que a Segurança Social está a programar todos os sistemas para quem termine o subsídio de desemprego já no próximo mês, mas que “em qualquer outro mês a prorrogação é automática”

O Orçamento do Estado não prevê regulamentação e, portanto, terá aplicação imediata mal entre em vigor", mencionou ainda  Ana Mendes Godinho.

    Quem estiver com covid-19 ou em isolamento profilático nos dez dias antes das eleições, não vai poder votar. Alei é clara, se estiver em confinamento, este terá de ser declarado pelas autoridades de Saúde até 14 de janeiro. Depois de ter submetido o requerimento para voto antecipado, receberá uma visita entre os dias 19 e 20 de janeiro.

    À porta de sua casa irá o presidente da Câmara Municipal, acompanhado por representantes de todas as candidaturas e elementos das autoridades de Saúde. Ser-lhe-á entregue um boletim de voto, que deverá devolver selado ao Autarca.

    Para além da vacina e do inverno tardio, também o uso de máscara ajuda na prevenção da gripe. Os casos em Portugal são praticamente nulos, mas os especialistas temem que com a chegada do inverno, há fortes possibilidades de a Covid-19 ser potenciada com a gripe. Contudo esta infeção respiratória que todos os anos afeta grande parte da população, ainda não está a ter grande relevância.

    Um relatório do Instituto Nacional Ricardo Jorge, divulgado ao JN, mostra que a curva de casos de gripe ativos está praticamente estática. Pode até dizer-se que há uma “falta de atividade gripal”. No entanto devem manter-se todos os cuidados, nomeadamente o uso de máscara e lavagem de mãos.

    É por esta razão que os especialistas o uso de máscara futuramente em determinados grupos, nomeadamente os de risco durante a próxima época. Recorde-se ainda que o plano de vacinação foi dividido em duas fases, sendo que na primeira foi dada prioridade aos idosos em lares e aos profissionais de saúde

Foi ainda no início deste mês que Marcelo Rebelo de Sousa apresentou proposta ao parlamento para que o estado de emergência fosse prolongado até ao dia 7 de janeiro. A medida visa abranger o Natal e a passagem do ano. Esta semana, o Presidente da República propõe ao parlamento a renovação do estado de emergência.

É já o sétimo diploma do estado de emergência de Marcelo Rebelo de Sousa no atual contexto de pandemia de Covid-19 para vigorar entre 24 de dezembro e 7 de janeiro de 2021, e será debatido e votado no parlamento esta quinta-feira.

Apelando a que todos os portugueses cumpram, o Presidente da República relembra ainda que a violação das regras aplicadas num estado de emergência, é considerado crime de desobediência.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28