31 Jan. 2023
 
Terço
19:30-20:00

 

O Secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Nuno Fazenda, vai percorrer o Interior para ouvir e debater com os atores locais os desafios, as potencialidades e as prioridades do turismo no interior.

O “Roteiro da agenda para o turismo no interior ”arrancou esta tarde, em Évora, no Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo, e será o ponto de partida, com presença ativa no terreno, para a construção de uma Agenda para o Turismo no Interior

Em declarações aos jornalistas, o Secretário de Estado começou por referir “este é um roteiro para construir um agenda para o turismo no interior, um roteiro para ouvir os atores locais e regionais, as empresas e as universidades, sobre os projetos” acrescentando “este é um roteiro de audição dos territórios para desenvolver uma agenda estratégica para o interior e planear.”

Este roteiro acrescenta “arranca no Alentejo para ouvirmos um território de excelência de turismo no nosso País e que queremos puxar o Turismo do interior.” Nuno fazenda vai estar dois dias no Alentejo seguindo depois para o Centro e posteriormente para Norte assim como o interior Algarvio e outras áreas do Interior.

Segundo indicou ”prevê-se que a agenda seja apresentada em abril com medidas e iniciativas que permitam afirmar e dar força ao turismo no interior.”

O Secretário de Estado realçou ainda que o governo pretende “sem prejuízo da importância estratégica que têm os destinos turísticos mais consolidados , queremos ter mais interior nas políticas de turismo e mais turistas a visitar o interior do país, apostando em apoiar projetos públicos, privados, campanhas de promoção específicas para esta região.”

Expetante, Nuno Fazenda espera “recolher contributos muitos positivos no Alentejo, valorizando as empresas, a ERT do Alentejo e Ribatejo, a Universidade de Évora, que conhecem como ninguém o território.” O Secretário de estado defende ainda a necessidade da Coesão Territorial, com um “país mais harmonioso do ponto de vista turístico.”

Questionado pela Rádio Campanário sobre a questão do turista escolher o Alentejo, mas ter dificuldade em permanecer por cá, especialmente nos dias de semana, Nuno Fazenda referiu “o turismo tem um efeito multiplicador” explicando que para além do seu impato nas áreas do Turismo, “também o tem em outras áreas, e isso é muito importante para fixar pessoas na região.”

O governante considera a questão do aumento da estada média importante, no Alentejo é de duas noites, e o objetivo “é aumentá-la” e para isso refere “é necessário criar mais atividades de animação turística e o Alentejo tem recursos excepcionais para isso e tem tido um desempenho, nos últimos anos, muito bom .”

Temos que crescer mais na estada média e o Alentejo tem muito potencial para crescer” concluiu.

Para que este objetivo seja conseguido, Nuno Fazenda refere “teremos medidas para valorizar e preservar o nosso património, valorizar a nossa oferta turística , apoiar os investimentos privados e apostar numa campanha de promoção, medidas estas que serão financiadas por vários instrumentos financeiros.”


 

Deflagrou já esta tarde, um incêndio habitacional, em Beja.

De acordoc om a informação avançada à Rádio Campanário pelo Comando Sub-Regional do Baixo Alentejo, o alerta para a ocorrência foi dado ás 18h32.

Segundo a mesma fonte trata-se de um incêndio numa casa devoluta, na parte velha da cidade de Beja.

Segundo a mesma fonte, no local estão duas dezenas de Bombeiros apoiados por 6 viaturas.

No teatro de Operações estão so Bombeiros de Beja e de Serpa assim como a GNR.

Para já não há informação de que o incêndio tivesse atingido as outras habitações que estão perto daquela.

Foto ilustrativa

Tal como a Rádio campanário noticiou esta tarde, a Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com ajuda da directoria de Évora, em cumprimento de mandado de detenção emitido pelo DIAP de Leiria, identificou e deteve um homem pela presumível autoria de um crime de rapto, logrando ainda localizar e entregar à família uma menor, dada como desaparecida em finais de maio de 2022 na cidade de Leiria.

Em conferência de Imprensa realizada esta tarde, a PJ do Centro, confirmou que a Jovem encontrada em Évora, é Luana Ribeiro, uma jovem desaparecida há 8 meses, na altura com 16 anos, agora com 17 anos.

Conforme adianta o Notícias ao Minuto e segundo o diretor da PJ do Centro, a jovem "estava na sua liberdade, numa casa, na companhia de uma determinada pessoa, o detido, mas ela estava livre".

O detido, empregado fabril, com 48 anos de idade, manteria uma si«uposta relação amorosa com a jovem.

O homem vai ser presente a Juiz para aplicação das respetivas medidas de coação.

 

Foto: Notícias ao Minuto

 

 

Sendo a educação e a formação fatores determinantes de uma sociedade mais justa, mais desenvolvida, solidária e democrática, a Câmara Municipal de Mourão atribuiu este ano, pela primeira vez, Bolsas de Mérito Universitário a estudantes de licenciatura, mestrado ou doutoramento com avalização excecional, isto é, no ano letivo anterior ao da atribuição da bolsa, tenha obtido uma aprovação em todas as unidades curriculares que integram o plano de estudo do ano em que se encontra inscrito e, a média das classificações dessas unidades seja igual ou superior a 17 valores.

Foram atribuídas três bolsas de estudo no valor de 500 euros, por ano.

Na revista de imprensa de hoje, 31 de janeiro, terça-feira, recebemos em antena o eurodeputado socialista Carlos Zorrinho, que se juntou a nós para comentar algumas das manchetes que abriram a agenda informativa de hoje.

Na ordem do dia estiveram: a entrevista dada pelo Primeiro Ministro com o balanço do primeiro ano de governação e a lei da eutanásia declarada pelo Tribunal Constitucional, pela terceira vez, como inconstitucional.

No que diz respeito ao primeiro tema, o Eurodeputado do PS começou por referir “eu penso que foi uma entrevista adequada ao momento em que o Primeiro Ministro disse aos Portugueses aquilo que sentia ficando claro que o Governo tem consciência que tem uma grande responsabilidade , pelo facto de ter uma maioria absoluta.”

Para Carlos Zorrinho “ficou ainda claro que em algumas políticas estruturantes o Governo governou bem , sobretudo tendo em conta que estamos perante uma situação de impacto à guerra e também de aumento à inflação assim como o Primeiro Ministro tem consciência que houve problemas de coordenação, de algumas escolhas que foram feitas.”

Na opinião do nosso comentador “há neste momento uma expetativa do país, as pessoas esperavam mais da maioria absoluta mas este governo ainda vai a tempo de responder às expetativas que as pessoas têm.”

Questionado se os indicadores do crescimento da economia e do abrandamento da inflação, hoje conhecidos, poderão ajudar neste melhorar da imagem do governo, Carlos Zorrinho refere “a questão chave tem a ver com a capacidade que o governo tenha de tocar as pessoas e demonstrar como esses resultados podem beneficiá-las.”

Há mais de um mês que não se discute a vida das pessoas, mas sim uma barreira de casos , de dúvidas sobre perfis e sobre currículos, e enquanto tivermos esta nuvem de casos e casinhos , é difícil chegar às pessoas e mostrar como aquelas políticas são as possíveis neste momento e são até reconhecidas em termos europeus e internacionais” acrescentou ainda.

Relativamente ao segundo tema, a inconstitucionalidade da Lei da Eutanásia, declara pela terceira vez pelo Tribunal Constitucional, Carlos Zorrinho adianta “este é um tema muito sensível pois é um tema de consciência que trata da vida, da morte” acrescentando “estas sucessivas viagens da lei entre Belém e a sede do Tribunal constitucional, tem permitido progressos.”

Neste momento sublinha “o Tribunal constitucional já não põe em dúvida que é possível ter uma Lei da Eutanásia no atual quadro constitucional, sendo ainda assim necessário clarificar alguns termos, ou seja, estamos numa fase de pormenores.”

 

A Direção Executiva do Serviço Nacional de Saúde (DE-SNS), no âmbito da operação ‘Nascer em segurança no SNS’, divulgou hoje qual o funcionamento dos blocos de parto, em todo o país, para o primeiro trimestre de 2023.

De acordo com a informação avnaçada, mantém-se para a região Norte e para a região Lisboa e Vale do Tejo  o que já tinha sido anunciado-  vão vigorar os encerramentos alternados

No que diz respeiro à Região Alentejo, todos os três blocos de partos vão estar a funcionar de  forma ininterrupta:

1.     HES – Évora

2.     ULS Norte Alentejano – Portalegre

3.     ULS Baixo Alentejo – Beja 

 

A Iberdrola e a Prosolia Energy obtiveram licença ambiental para construir, no  concelho de Santiago do Cacém, aquele que é já designado como o maior projeto fotovoltaico da Europa, com 1.200 megawatts (MW) de potência instalada.

A informação foi hoje avançada pela espanhola Iberdrola que deu conta que a licença ambiental, emitida pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), viabiliza a construção deste projeto fotovoltaico, o maior da europa e o quinto maior do mundo.

Segundo avança a Greensavers,, estima-se que a infraestrutura tenha uma capacidade instalada de 1.200 MW, e perspetiva-se que entre em funcionamento “em 2025” podendo gerar até 2.500” postos de trabalho, “a maioria desempenhados por trabalhadores locais”.

O parque solar fotovoltaico, designado Fernando Pessoa, irá fornecer energia limpa, barata e de produção local suficiente para responder às necessidades anuais de cerca de 430 mil residências.

Leia a notícia completa em Greensavers

 

 

O Comando Territorial de Évora, através do Posto Territorial de Vendas Novas, no dia 29 de janeiro, deteve em flagrante homem de 49 anos, por furto de produtos agrícolas, no concelho de Vendas Novas.

No âmbito de uma denúncia por furto de pinhas mansas no interior de uma propriedade, os militares da Guarda deslocaram-se para o local, tendo identificado e detido o suspeito em flagrante. No seguimento da ação policial foram recuperados cerca de 160 quilos de pinhas, que foram posteriormente entregues ao legítimo proprietário. Foi ainda apreendido uma vara metálica utilizada para colher pinhas.

O detido foi constituído arguido e os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Montemor-o-Novo.

 

O Portugal 2020 (PT 2020) atingiu 116% de compromisso e 85% de execução até ao final de 2022, com apenas um programa abaixo dos 70%.

Os dados foram hoje divulgados no último boletim dos fundos da União Europeia.

Segundo pode ler-se no documento, os programas operacionais temáticos apresentam 92% de execução,com o Capital Humano em primeiro lugar a registar 98% de taxa de execução, o Compete 2020 com 95%, seguido dos  programas Inclusão Social e Emprego com 91% e Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos 81%.

Os programas regionais do continente, de acordo com a informaçãpo agora avançada têm agora 80% de execução, com o Lisboa 2020 com 85% em primeiro lugar, seguido pelo Norte com 80%, Centro com 80%, Alentejo com 76% e Algarve com 73%.

Consulte o boletim AQUI

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, em cumprimento de mandado de detenção emitido pelo DIAP de Leiria, identificou e deteve um homem pela presumível autoria de um crime de rapto, logrando ainda localizar e entregar à família uma menor, dada como desaparecida em finais de maio de 2022 na cidade de Leiria.

Conforme comunicado emitido pela Polícia Judiciária, no seguimento das inúmeras diligências desenvolvidas, em estreita colaboração com a Unidade Local de Investigação Criminal da Polícia Judiciária de Évora, foi possível identificar o suspeito e localizar a menor na sua residência, sita na cidade de Évora, onde, a coberto de uma suposta relação amorosa, este a manteve em completo isolamento social durante oito meses, aproveitando-se da sua persistente e recorrente dependência de jogo online, imaturidade e personalidade frágil.

O detido, empregado fabril, com 48 anos de idade, vai ser presente às autoridades judiciárias, tendo em vista a aplicação das medidas de coação entendidas por mais adequadas.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31