Amanhã, dia 7 de agosto, o grupo vai tocar em Santa Susana, , a partir das 21.30 horas, com início no Largo da Figueira Grande e conclusão no Largo da Associação Desportiva e Recreativa.

No dia 08 de Agosto,sábado, o grupo vai estar no Freixo, às 18.30 horas, com início no Largo da Coviran e conclusão junto à Casa do Povo. 

À noite, a partir das  21.30 horas os Tombalobos vão atuar na vila de  Redondo,  com início na Rua João Anastácio da Rosa, Largo 25 de Abril, Praça da República terminando no Largo Duques de Bragança, junto ao Centro Cultural de Redondo.

Os Tomba Lobos são um projecto de formação artística e cultural para a afirmação e promoção da percussão tradicional portuguesa e do instrumento bombo e fazem parte da Fénix - Associação dos Músicos de Redondo.

Aconteceu esta noite, em frente ao Lar da Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva, em Reguengos de Monsaraz, a homenagem a todos os grupos, associações e pessoas que se mobilizaram no auxílio e prestação de cuidados aos idosos durante o surto COVID-19 que assolou a instituição e a comunidade.

A homenagem foi conduzida pelo Coral da Casa do Povo de Reguengos de Monsaraz e  juntou algumas centenas de populares, num momento de muita emoção para os utentes, funcionários e todos os presentes.

No momento, estavam ainda presentes representantes dos médicos, enfermeiros, funcionários e voluntários da instituição, Proteção Civil, Bombeiros, Santa Casa da Misericórdia de Reguengos, GNR, Paróquia de Reguengos, entre outros convidados e homenageados.

Inicialmente tocou a sirene dos bombeiros e fez-se um minuto de silêncio pelos que faleceram vítimas dsta pandema COVID-19. D seguida fizeram-se as homenagens chamando os diferentes representantes e no final cantou-se o Hino Nacional.

José Calixto, presidente da Câmara Municipal e também presidente da Direção da FMIVPS, manifestou o agradecimento a todos os presentes, em nome da instituição e referiu terem sido todos igualmente importantes. A emoção sentiu-se na efusão das palmas e nas lágrimas de muitos dos presentes.

 


A Proteção Civil fez hoje, pelas 19h30, um balanço sobre os vários incêndios que lavram no País afirmando mesmo que hoje, foi um dos dias mais complicados.

Segundo avança a TVI 24, à dhora em que foi realizado o balanço, eram  15 os incêndios ativos que preocupavam mais e que mobilizavam 1.700 operacionais, apoiados por 546 veículos e 16 meios aéreos.

A Proteção Civil diz que hoje foi dos dias "mais complicados" em termos de incêndios, porque houve muitos e ao mesmo tempo, contabilizando até às 19h30,  113 incêndios, que mobilizaram 4.600 operacionais.

A avaliação foi feita num balanço do dia, em conferência de imprensa do segundo comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), André Fernandes.

Na conferência de imprensa o responsável insistiu num apelo ao "sentido cívico" dos portugueses para "a tolerância zero ao uso do fogo" e explicou que, do total dos incêndios do dia, 46 registaram-se entre a meia-noite e as 12h00 e 67 entre as 12h00 e as 17h00.

"É sempre estranho ignições às 02h00, 03h00 ou 04h00", referiu a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil , acrescentando que a simultaneidade dos incêndios torna difícil a gestão do combate.

De acordo com os dados divulgados, os incêndios mais preocupantes às 19h30 eram os de Mirandela e Torre de Moncorvo (Bragança), Sernancelhe (Viseu), Alijó (Vila Real), Sabugal (Guarda), e Fundão (Castelo Branco). O Incêndio de Porto de Mós (Leiria), que lavra desde as 02h00, estava "quase dominado", o mesmo com o de Mirandela, disse André Fernandes.

Os distritos com mais incêndios foram os do Porto (23), Viana do Castelo (13), Braga (12), Aveiro (12) e Vila Real (nove).

André Fernandes louvou o esforço dos bombeiros e da proteção civil no dia de hoje e agradeceu o apoio do INEM e do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, além do "papel fundamental das autarquias no apoio às operações de combate, mobilizando 12 máquinas de rasto".

Este responsável da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil  deixou mais uma vez um apelo "pedindo para que as pessoas não se dirijam para os incêndios. Questionado sobre o que leva as pessoas a fazerem isso disse não saber, mas frisou que há sempre pessoas que o fazem, o que as coloca em risco."

A Câmara Municipal de Évora divulgou hoje, através da sua página oficial de facebook, a assinatura de um contrato de comodato entre a Câmara Municipal de Évora e a Associação Amigos da Criança e da Família "Chão dos Meninos".

Esta assinatura realizou-se no dia 4 de Agosto de 2020, nos Paços do Concelho e tem como finalidade "a cedência gratuita de um espaço na Rua Serpa Pinto, destinado a realizar em segurança, as visitas das famílias às crianças e jovens acolhidas sem que tenham que entrar nos Centros de Acolhimento, evitando assim eventuais contágios da Covid 19."

Segundo informa a Autarquia, esta "é uma decisão que tem em conta a intervenção desenvolvida por esta associação nas áreas da prevenção e reparação de maus tratos sobre crianças e jovens, bem como o trabalho desenvolvido com as famílias ao nível do aconselhamento parental e projeto de intervenção com agressores."

De acordo com a informação avançada, esta "cedência que é feita a título excepcional nesta fase da pandemia, de modo a garantir a eficácia das respostas que a associação promove, o cumprimento dos objetivos de reunificação familiar, tal como a segurança de utentes, famílias e funcionários face à referida situação pandémica."

A ocupação do espaço tem a duração de seis meses contado a partir da data da respectiva assinatura, podendo ser renovado pelo mesmo período, por acordo das partes.

O Serviço Municipal  de Proteção Civil de Mourão, através da sua página oficial de facebook, acaba de dar a conhecer a situação Epidemiológica do concelho.

Assim, segundo informação avançada, "não se registam  alterações e o concelho está há 24 dias sem novos casos."

A Proteção Civil informa ainda que, "se mantêm 6 casos ativos na freguesia de Granja, em isolamento nas suas habitações e sob vigilância ativa da Autoridade de Saúde.

Continuam 17 pessoas em vigilância pela Autoridade de Saúde, devido ao contacto com casos ativos."

De acordo com a mesma fonte, "segundo informações da Saúde Pública relativas ao surto ocorrido em Granja, o período de incubação livre de novos casos foi completado, o que aponta para que o surto se encontre resolvido. No entanto, por definição, o surto só se considerará totalmente resolvido após 28 dias sem novos casos.

A Unidade de Saúde Pública deixa ainda o alerta para possíveis casos decorrentes dos novos casos do Baixo Alentejo, dada a elevada mobilidade da População."

Termina alertando mais uma vez que, "nesta fase, É ESSENCIAL o cumprimento de todas as orientações e medidas emanadas pela Direção Geral de Saúde, principalmente, a higienização das mãos, a utilização de máscara, o distanciamento social e o cumprimento da etiqueta respiratória."

O Comando Territorial de Setúbal, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Santiago do Cacém e do Posto Territorial de Sines,informou hoje, dia 6 de agosto, que realizou uma ação de fiscalização ao campismo e caravanismo ilegal, na área protegida do Parque Natural do Sudoeste Alentejano, Costa Vicentina.

Nesta ação de fiscalização, seghundo informam,  foram identificados 59 cidadãos e detetadas 59 infrações, pela prática de campismo e caravanismo em situação ilegal ou irregular na área protegida. Essas infrações podem levar ao pagamento de coimas que vão entre os 200 e os 4.000 euros.

De acordo com a informação avançada, as dunas são consideradas zonas sensíveis, onde se desenvolvem habitats próprios, e constituem uma barreira natural ao avanço das águas do mar. Como tal, a presença humana excessiva nestas áreas, principalmente na época estival, coloca em causa tanto a beleza natural como o habitat único de espécies de fauna e flora que ali habitam.

A Guarda Nacional Republicana, através do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA), irá continuar a sensibilizar os caravanistas e campistas para adotarem um comportamento mais responsável e amigo do ambiente, especialmente nestas áreas protegidas.

 

O Município de Redondo, através da sua página oficial de facebook, fez saber esta tarde que , no quadro da plataforma digital do Selo Clean & Safe do Turismo de Portugal, que garante o cumprimento das recomendações de higiene e segurança definidas pela Autoridade Nacional de Turismo, segundo as orientações da Direção-Geral da Saúde no combate à pandemia da Covid-19,  a Oficina das Ruas Floridas, o Museu do Barro e o Museu Regional do Vinho já disponibilizam aos turistas o QR Code.

Segundo indica o Município, Este “código de barras” bidimensional informa o visitante, através do telemóvel, sobre todos os procedimentos de higienização dos espaços para evitar riscos de contágio e para garantir a segurança das atividades turísticas.

A plataforma Clean & Safe permite ainda ao turista avaliar o desempenho dos equipamentos quanto ao cumprimento dos requisitos associados ao Selo.

A Autarquia considera que esta conquista, um importante estímulo à retoma da confiança, permite tornar os espaços mais apelativos e estimular o setor turístico, numa chamada de atenção à responsabilidade de todos para um turismo mais seguro.

De referir que os funcionários dos equipamentos municipais receberam formação neste âmbito.

Em todo o Concelho de Redondo, são inúmeros os estabelecimentos/ atividades, que acolhem visitantes e turistas, que concorreram e que foram contemplados com o Selo Clean & Safe.

A Fundação Inatel,  que tem como objetivos principais a promoção das melhores condições para a ocupação dos tempos livres e do lazer dos trabalhadores, no ativo e reformados, desenvolvendo e valorizando o turismo social, a criação e fruição cultural, a atividade física e desportiva, a inclusão e a solidariedade social, vai avançar com obras de requalificação do Palácio do Barrocal, situado na rua Serpa Pinto, em Évora, num investimento superior a meio milhão de euros.

A candidatura apresentada pela Fundação INATEL ao Programa Operacional Regional Alentejo 2020 para a requalificação do edifício já foi aprovada e, segundo a instituição, as obras incluem a substituição total da cobertura do edifício, prevendo-se para agosto de 2021 a conclusão da empreitada.

De acordo com a informação avançada pela Fundação inatel, o investimento total elegível ronda os 520 mil euros,  referindo que o projeto vai beneficiar de uma taxa de cofinanciamento de 75%, traduzindo-se numa contribuição comunitária de quase 390 mil euros.

A Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, através da sua página oficial de facebook, divulgou hoje que o mercado mensal se vai realizar, no próximo dia 8 de agosto.

O Município informa ainda que,  cumprindo as orientações da Direção Geral de Saúde, o mesmo terá lugar no Parque de Exposições Municipal, entre as 8h e as 13h.

A todos os visitantes e feirantes, a Câmara Municipal,  solicita que se cumpram as regras básicas para que a iniciativa decorra em segurança, nomeadamente: deverão ser cumpridas as regras de distanciamento e de etiqueta respiratória; uso obrigatório de máscara ou viseira (que o utilizador deverá trazer consigo) e a desinfeção obrigatória das mãos à entrada (o gel é fornecido no local).
 

De acordo com a notícia avançada pelo Jornal Hoy, a  Direção Geral de Saúde Pública registou, nas últimas 24 horas, 38 novos casos positivos de covid 19 e notificou quatro novos surtos de covid-19. 

Um dos novos surtos que surgiu nas últimas horas na região está ligado ao positivo da comunhão,  notificado esta quarta-feira, e que mostra cinco positivos distribuídos por diferentes áreas da zona de saúde de Badajoz: dois dos infectados estão em Santa Marta de los Barros, outros dois estão no bairro de Valdepasillas, na cidade de Badajoz, e um no bairro de São Roque, na capital de Badajoz. 

No total, foram detectados 249 casos suspeitos na Estremadura nas últimas horas 

Nas últimas 24 horas, foram identificados 53 casos suspeitos na área de saúde de Badajoz , tendo-se registado 13 novos casos positivos. 

A área de saúde de Badajoz tem atualmente quatro pacientes internados, três deles em cuidados intensivos.

A área de saúde de Cáceres registou mais  7 casos positivos, a área de saúde de Mérida mais um caso positivo, a área de saúde de Plasencia registou também mais um caso positivo , a área de saúde Don Benito-Villanueva de la Serena registou mais 13 casos positivos, a área de saúde de Navalmoral de la Mata registou mais um caso positivoe a área de saúde de Coria notificou mais  dois casos positivos.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31