O presidente do município de Alter do Chão defendeu há dias o lançamento de apostas nas corridas de cavalos em Portugal, considerando que a medida seria uma "alavanca" de desenvolvimento, sobretudo para aquela zona do Alentejo.

"É importante para Alter do Chão como para o país. Esta é uma atividade que precisa de ser alavancada e as apostas serviriam de base para uma economia baseada no mundo do cavalo", defendeu Joviano Vitorino, em declarações à Agência Lusa.

Ao serem realizadas corridas de cavalos na Coudelaria de Alter do Chão, segundo Joviano Vitorino, o0 dinheiro absorvido pelas apostas serviriam para "desonerar" as verbas inscritas no Orçamento do Estado (OE) para a Fundação Alter Real (gestora da Coudelaria de Alter), instituição que tem vivido com dificuldades financeiras.

É já esta sexta-feira que arranca em Reguengos de Monsaraz o Ervideira Rali TT 2012, com uma agenda cheia e muitas atividades previstas.

Duarte Leal da Costa, diretor da adega Ervideira (organização) faz a antevisão a prova.

{saudioplayer}http://www.radiocampanario.com/sons/Duarte%20Leal%20Costa19abril.MP3{/saudioplayer}

Refira-se que pelo quarto ano consecutivo, por cada piloto inscrito no Ervideira Rali TT, a corticeira Amorim compromete-se a plantar uma dezena de sobreiros. Ao todo, através desta iniciativa, já foram plantadas cerca de 1.500 árvores.


Na vertente desportiva, a dupla Nuno Matos/Filipe Serra, aos comandos de um Astra Proto, quer manter a liderança no campeonato nacional de TT, mas o piloto de Portalegre, mostra-se cauteloso e divide o favoritismo com outros pilotos.

{saudioplayer}http://www.radiocampanario.com/sons/Nuno%20Matos19abril.MP3{/saudioplayer}

Nota ainda para a ausência de António Maio (motos). O piloto natural de Rio-de-Moinhos (Borba) sofreu uma queda na Baja Carmim e fraturou um braço, pelo que só deverá estar recuperado dentro de um mês. Maio regressa à competição na próxima prova, a ter lugar em Castelo Branco, no mês de setembro.

Um hotel de quatro estrelas abre portas em maio, no centro histórico da cidade, num investimento de cerca de dois milhões de euros.

O “Rossio Hotel”, é uma unidade composta por 18 quartos e uma suite e dirige-se essencialmente à classe média e média/alta, como nos explica Gonçalo Alexandre, um dos promotores.

{saudioplayer}http://www.radiocampanario.com/sons/Gon%C3%A7alo%20Alexandre.MP3{/saudioplayer}

O hotel vai criar, numa primeira, fase oito postos de trabalho. 

A Praça de Toiros de Monforte, vai reabrir em Julho, após ter estado encerrada durante vários anos por falta de licenciamento.

A garantia foi dada à Rádio Campanário pelo presidente do município Miguel Rasquinho.

Sem querer revelar o cartel o autarca disse que a obra está concluída faltando apenas pormenores de última hora.

{saudioplayer}http://www.radiocampanario.com/sons/pra%C3%A7a_monforte.mp3{/saudioplayer}

A Praça de Toiros de Monforte inaugurada em 1987, conta com uma lotação de 2352 lugares, tendo a arena as dimensões do Campo Pequeno.

Recorde-se que o concelho de Monforte tem fortes tradições tauromáquicas onde existem várias ganadarias, cavaleiros tauromáquicos, peões de brega, coudelarias taurinas, forcados e novilheiros. 

O novo Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), presidido pela médica Dorinda Calha, iniciou funções na passada quarta feira, dia 11.

Um assunto que mereceu o comentário de José Rondão Almeida, presidente da CM Elvas.

{saudioplayer}http://www.radiocampanario.com/sons/rondao%20ulsna.MP3{/saudioplayer}

Para além de Dorinda Calha, integram o Conselho de Administração Jorge Mendes, José Freixinho, Joaquim Araújo e António José Miranda. Jorge Mendes assumiu o cargo de director clínico, enquanto José Freixinho e Joaquim Araújo são os novos administradores hospitalares. Já António Miranda irá desempenhar as funções de enfermeiro-director.

A ULSNA é responsavel pela administração dos hospitais de Elvas e Portalegre e dos 15 centros de saúde do distrito.

O município de Marvão continua a preparar a candidatura a Património Mundial da Unesco.

Para avaliar e apresentar a candidatura às instituições nacionais, promoveu um encontro, onde estiveram presentes representantes da Secretaria de Estado da Cultura, da Comissão Nacional da Unesco, do ICOMOS Portugal, do Turismo do Alentejo, da Direcão Regional de Economia do Alentejo, bem como do representante da Diputacion de Cáceres e Alcalde de Valência de Alcântara.

Paralelamente foi apresentado pelo Embaixador Ray Bondin, coordenador do dossier de candidatura, um estudo comparativo, realçando o património e herança de Marvão.

Victor Frutuoso, disse à Rádio Campanário que o projecto está a ser desenvolvido de forma sensata e sem pressa.

{saudioplayer}http://www.radiocampanario.com/sons/marvao%20patrimonio.MP3{/saudioplayer}

De 27 abril a 1 maio, Vila Boim recebe mais uma edição da Festa do Ganhão.

Entre as atividades previstas constam jogos tradicionais, exposições, atividades desportivas ou espetáculos musicais.

José Barroca, membro da organização da festa, apresenta o evento.

{saudioplayer}http://radiocampanario.com/sons/Jos%C3%A9%20Barroca17abril.MP3{/saudioplayer}

Entre várias associações e grupos, a Festa do Ganhão, em Vila Boim, tem o apoio, da freguesia local e município de Elvas.

Nos dias 21 e 22 de Abril, a vila alentejana de Fronteira vai recriar uma feira medieval e a Batalha de Atoleiros, que celebra a vitória de Portugal sobre Castela em 1384. 

A comemoração da batalha este ano inclui ainda a inauguração do Centro de Interpretação da Batalha de Atoleiros, com a presença do ministro da defesa, José Pedro Aguiar-Branco.

A recriação da Batalha de Atoleiros terá lugar no domingo, dia 22 de Abril, a partir das 15H00, no Campo da Batalha, na zona industrial de Fronteira, e permite a quem quiser, “alistar-se nas fileiras de D. Nuno Álvares Pereira e empunhar armas contra os inimigos”, conviver com figuras tradicionais de outros tempos, envergar roupas tradicionais e participar nas brincadeiras.

A abertura oficial da feira medieval de Fronteira terá lugar no sábado, dia 21, às 12H00, e ao longo dia vai contar com animação de rua, com danças e folias com saltimbancos e menestréis, visita do almotacem e do meirinho aos mercadores, passando pelo teatro de rua até a espetáculos com cuspidores de fogo e malabaristas.

 No Parque de Jogos Medievais, poderão ser vividas as mais diferentes formas de entretenimento da época. Nas tabernas do mercado serão servidos comeres e bebere medievais e às 21H30 vai dar-se o Assalto ao Castelo.

 O sábado termina com um espetáculo de dança e malabares de fogo “Os Guardiães do Tesouro”. No domingo, depois da Recriação da Batalha de Atoleiros, por volta das 17h00, as tropas de D. Nuno Álvares Pereira chegam ao burgo, animadas pela celebração da vitória e a aclamação popular. 

A organização é da Câmara Municipal de Fronteira e a entrada é gratuita. 

No próximo dia 25 abril, pelas 16.00, a CM Alandroal assinala a data com a conclusão da requalificação da antiga Escola Primária de Alandroal. Depois de encerrado e sem utilização durante muitos anos, o espaço volta a ser utilizado para fins educativos.

Segundo indica o município, vai servir de base ao Pólo de Alandroal da Escola Popular Túlio Espanca, acolher temporariamente a creche “Anastácia Franco de Carvalho” do Centro Social e Paroquial de Alandroal e ainda desempenhar outras funções educativas no âmbito da formação.

Presentes na cerimónia vão estar alguns dos antigos professores e alunos desta escola. A terminar realiza-se um lanche convívio, no Largo de Santo António, aberto a toda a população.

Antes disso, a manhã de 25 de abril começa com a tradicional cerimónia de hastear da bandeira, às 08.00, na Praça da República de Alandroal. O ato repete-se depois nas sedes das juntas de freguesia do concelho. A acompanhar as celebrações vai estar a Banda da Escola de Música do Centro Cultural de Alandroal.

Ainda inserido nas comemorações da Revolução dos Cravos, na noite do dia 24 de Abril, pelas 22.30, decorre o espetáculo “A Madrugada e o Dia Seguinte”, no Fórum Cultural e Transfronteiriço da vila alentejana. Uma mostra que funde música com história, onde os espetadores serão guiados até ao período pré revolucionário e à intensa noite de 24 de abril de 1974. 

O socialista João Nabais vai recandidatar-se ao município de Alandroal, nas próximas eleições autárquicas, marcadas para outubro de 2013.

O anúncio da candidatura foi recentemente avançado à Rádio Campanário, durante as celebrações religiosas de Nossa Senhora da Boa Nova, em Terena.

{saudioplayer}http://radiocampanario.com/sons/Nabais.MP3{/saudioplayer}

O socialista, natural da aldeia de Rosário, pretende voltar a comandar os destinos da autarquia que presidiu durante dois mandatos, de 2001 a 2009.

Refira-se que nas últimas eleições autárquicas, em outubro de 2009, Nabais foi derrotado pelo Movimento Unidade e Desenvolvimento de Alandroal (MUDA), liderado por João Grilo, atual presidente do município alandroalense, por apenas sete votos de diferença.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31