No início do mês de maio a Delta Cafés, em parceria com a start-up portuguesa ClassiHy, lançou a plataforma #VoltaremosPortugal, onde os consumidores puderam comprar vouchers de consumo em restauração, e em que 50% do valor foi assegurado pela marca.

Agora surge a #VoltámosPortugal, que dá continuidade à iniciativa e ao apoio da empresa campomaiorense à restauração e aos clientes.

Desta forma, a Classihy e a Delta Cafés continuam a dar o seu apoio através de vouchers e cabazes oferta aos clientes, apoiando os negócios e incentivando os consumidores a adquiri-los nos clientes da Delta Cafés.

Em nota, a  Câmara Municipal de Estremoz e a Paróquia de Santo André de Estremoz anunciaram esta sexta-feira que "devido à Pandemia e a razões que não permitem a sua organização, e porque acima de tudo está a proteção dos cidadãos, não se realizam este ano as tradicionais Festas da Exaltação da Santa Cruz da Cidade de Estremoz. Ambas as entidades tudo farão para o regresso em grande no ano de 2021".

O projeto "Motor Social/CLDS-4G", da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa promove, no âmbito da ação "Casa do Empreendedor", que visa promover, apoiar e divulgar a criação e o desenvolvimento de iniciativas, nos âmbitos da inovação e do empreendedorismo, o workshop ‘Empreender em tempos de crise’ no dia 24 de setembro. Segundo a organização, a atividade é exclusiva "para residentes no concelho e seguirá todas as normas de segurança definidas pelas autoridades competentes". 

Em comunicado, a organização refere que neste workshop "os participantes irão aprender a identificar e reconhecer oportunidades de negócio no meio da crise e a procurar novas tendências. Irão igualmente conhecer o processo empreendedor, as competências necessárias para iniciar e desenvolver a atividade empreendedora e aprender a gerar um primeiro modelo de negócio”. A iniciativa destina-se a pessoas envolvidas em projetos de autoemprego e empreendedorismo; Jovens do ensino secundário como estímulo ao empreendedorismo, desenvolvimento do espírito de iniciativa, criatividade e sentido de risco; Alunos que abandonam ou concluem o sistema educativo no sentido de favorecer a sua integração profissional; Desempregados e Beneficiários do RSI.

O workshop será ministrado por André Leonardo, fundador da “Faz Acontecer” e eleito em 2016 como como um dos “sete jovens que estão a transformar o Mundo” pela Pangea (Madrid, Espanha).

A iniciativa da Lendias d’Encantar (LdE), lançada em abril, teve como “objetivo a aquisição antecipada de espetáculos, com vista a atenuar os danos causados pela pandemia da Covid-19 a artistas independentes e companhias do Alentejo sem apoios, que estiveram "impossibilitados de trabalhar" na sequência do estado de emergência decretado”.

Em nota a LdE refere que “os artistas que foram selecionados no âmbito da BACA (Bolsa para Artistas e Criadores do Alentejo) começam a apresentar-se já este mês de agosto, em espaços culturais da região Alentejo”.

Para já estão agendados dois espetáculos para o mês de agosto, no Auditório Municipal António Chainho, em Santiago do Cacém. A primeira sessão no âmbito da BACA terá lugar dia 12, quarta-feira, pelas 14 horas, com uma apresentação de "Red Chocolat", para toda a família.

“A BACA tem 35 espetáculos disponíveis para apresentação, entre teatro, música, dança e cruzamentos disciplinares, numa iniciativa que contou também com o apoio financeiro da CADAC - Cia Alentejana de Dança Contemporânea e da Direção Regional de Cultura do Alentejo (DRCAlentejo). A Lendias d'Encantar conta poder agendar todos os espetáculos contratados até ao final deste ano”, explica a nota.

A Câmara Municipal de Barrancos anunciou esta quinta-feira que já não há registo de casos de COVID-19 no concelho, dado que o teste realizado ao único caso ativo deu negativo.

Em nota, a autarquia elogia "o comportamento cívico, responsável e solidário dos cidadãos, durante este período".

No entanto, o Município continua a alertar para "o cumprimento das orientações da Direção-Geral de Saúde, nomeadamente a higienização frequente das mãos, a utilização de máscara, o cumprimento da etiqueta respiratória e do distanciamento social".

A  Câmara de Barrancos refere ainda que "continua a acompanhar de perto o evoluir da situação, em articulação com as autoridades de saúde pública".

Segundo o Comando Territorial de Évora não ocorreram acidentes de viação.

Registou-se um acidente de trabalho em Vendas Novas, da qual resultou um ferido leve.

No âmbito da criminalidade foram registadas 15 ocorrências, sendo três crimes contra as pessoas, oito crimes contra o património e quatro crimes contra a vida em sociedade.

Foram ainda detidos, em flagrante delito, três cidadãos pelo crime de condução com taxa de álcool superior à permitida por lei. 

Em termos contraordenacionais foram registadas 37 infrações rodoviárias, duas à legislação ambiental e duas à legislação policial.

Dá-se ainda continuidade às operações Resina, Floresta Segura, Prisec2020, Campo Seguro, Verão Seguro, Exames Nacionais, Viajar em Segurança, Alerta Seguro e Passageiros em Segurança.

O Posto Móvel da GNR estará hoje, dia 07 de agosto, nas localidades de Santana, Portel, Alqueva e Vera Cruz das 13h00 até às 19h00.

A EDIA - Empresa de Desenvolvimento e Infra-Estruturas do Alqueva - divulgou, no passado dia 4 de agosto, que disponibiliza para arrendamento 184 parcelas de terreno localizadas nos concelhos de Alandroal, Aljustrel, Alvito, Beja, Cuba, Évora, Ferreira do Alentejo, Moura, Mourão, Portel, Reguengos de Monsraz, Serpa e Vidigueira.

De acordo com informação da EDIA, o contrato de arrendamento a celebrar "terá a duração de 11 meses, com início a 1 de outubro de 2020 e término a 31 de Agosto de 2021".

As propostas deverão ser apresentadas em carta fechada, até às 18 horas do dia 04 de setembro de 2020, nas instalações da sede da EDIA, em Beja.

As parcelas de terreno disponíveis para arrendamento podem ser consultadas no site e na sede da EDIA, na Rua Zeca Afonso, 2, em Beja, nas Câmaras Municipais e respetivas Juntas de Freguesia.

A Polícia de Segurança Pública (PSP), mesmo no contexto da crise pandémica, tem dedicado especial atenção à segurança rodoviária enquanto vivência facilitadora do quotidiano das populações mas que não deverá implicar a perda de vidas humanas.

Dentro da temática da segurança rodoviária, a capacitação de todos os condutores de veículos a motor com os títulos habilitantes para a condução tem constituído fator especial e sucessivamente verificado.

É com especial preocupação que a PSP constata, nos primeiros sete meses de 2020, um acréscimo de 22% de condutores detetados a conduzir veículos a motor sem habilitação legal, quando comparado com a mesma janela temporal de 2019.

Assim, de 01 de janeiro a 31 de julho de 2020, a PSP deteve 3019 cidadãos por este motivo, mais 522 que no mesmo espaço temporal em 2019 (com 2467 detenções).

A condução de veículos por pessoas sem habilitação legal representa um perigo para a segurança rodoviária. Por um lado porque os requisitos físicos e psicológicos não foram testados e, por outro, porque estas pessoas não tiveram a formação necessária para lidar com toda a informação necessária (regras gerais de trânsito; regras especiais, estabelecidas pela sinalização vertical e ou horizontal em determinado local; movimentação dos demais utentes da via, sejam outros veículos, peões ou animais), demonstrando dificuldade em interpretá-la e integrá-la na forma como conduzem, potenciando a sinistralidade rodoviária.

A PSP constata ainda que o aumento desta infração criminal também se verifica nos acidentes rodoviários.

Assim, se em 2019 (de 01 de janeiro a 31 de julho) dos 2467 cidadãos detidos por este motivo, 84 foram-no na sequência do seu envolvimento em acidentes rodoviários, na mesma janela temporal de 2020, esse número aumenta para 98, num acréscimo de 17%, ou seja, mais 14 pessoas sem habilitação envolvidas em sinistros.

Tanto em 2019 como em 2020, mantém-se o perfil dos cidadãos que praticam este crime, com idade média de 32 anos.

Relembramos que, ainda assim, em comparação entre o primeiro semestre deste ano com o mesmo período de 2019, a PSP regista na sua área de atuação a diminuição de todos os principais indicadores de sinistralidade rodoviária:

Sinistros: -9 083, ou seja, -31% (29 289 em 2019 e 20 206 em 2020)

Sinistros com vítimas: -2 669, ou seja, -34% (7 897 em 2019 e 5 228 em 2020)

Mortos: -22, ou seja -35% (40 em 2019 e 62 em 2020)

Feridos Graves: -95, ou seja, -26% (368 em 2019 e 273 em 2020)

Feridos leves: -3 464, ou seja, -37% (9 345 em 2019 e 5 881 em 2020).

A PSP, em comunicado apela ainda “a todos os condutores que mantenham uma atitude prudente durante a condução, contribuindo para que, também neste capítulo, Portugal venha a ser um dos países mais seguros do mundo”.

O Município de Sousel apresentou esta quinta-feira, dia 6 de agosto, cinco novos investimentos, através de outdoors colocados em pontos estratégicos do concelho.

Na freguesia de Casa Branca, a autarquia colocou no Largo Mâncio Canelas, uma imagem tridimensional do projeto de requalificação daquele espaço. Esta empreitada, contempla a aplicação de novos pavimentos que garantem mais conforto e segurança bem como uma nova passadeira. Este espaço será embelezado com novas árvores e arbustos bem como novo mobiliário urbano.

Já no Largo João Andrade Bastos Ribeiro, também na freguesia de Casa Branca, a Câmara Municipal colocou uma nova imagem da requalificação daquele espaço, bem como do jardim público. Em termos de projeto estão previstos a aplicação de novos pavimentos, que oferecem mais conforto e segurança aos peões, novo mobiliário urbano, a plantação de novas árvores, de forma a dotar o espaço com mais sombras, potenciando assim a sua utilização e a substituição do abrigo da paragem de autocarros por um novo modelo.

Esta duas obras, na freguesia de Casa Branca, vão custar aos cofres da Câmara Municipal cerca de 400 mil euros, sendo este valor totalmente suportado pela autarquia.

Na freguesia de Cano, dois novos outdoors foram colocados nas entradas noroeste e sudeste daquela freguesia do concelho de Sousel. Este projeto, que representa um investimento de cerca de 300 mil euros, só com recursos da Câmara Municipal, contempla a organização geométrica do entroncamento junto ao reservatório de abastecimento de água, a requalificação da área envolvente ao reservatório e a materialização do passeio do lado norte ao longo da Avenida D. Basílio Nascimento.

Em Sousel, a autarquia colocou um novo outdoor entre a rotunda do bombeiro e o Alto da Boa Vista, de forma a apresentar o projeto de beneficiação de arruamentos do concelho, entrada norte. Um novo tapete rodoviário, novos passeios, novo mobiliário urbano, bem como a plantação de árvores adaptadas ao nosso clima vão fazer aquela artéria da vila de Sousel mais aprazível.

Já na freguesia de Santo Amaro, uma imagem tridimensional do projeto da requalificação da entrada daquela freguesia do concelho de Sousel, foi colocada entre o depósito da água e o Bairro da Pandina. Esta empreitada, que vai custar aos cofres da Câmara Municipal cerca de 400 mil euros, visa a construção de um passeio que se prolonga de Santo Amaro até ao nó viário, a construir, desembocando na zona de acesso ao depósito de água. Este passeio, vai permitir a circulação pedonal com todo o conforto e segurança, sendo este delimitado da via por um lancil de betão pré-fabricado e equipado com iluminação LED. Também uma nova rotunda, em detrimento do cruzamento existente no acesso às localidades de Santo Amaro, Sousel e São Bento do Cortiço, vai ser construída, melhorando as condições de segurança dos automobilistas que circulam naquela via.

A Polícia de Segurança Pública está desde as primeiras horas desta manhã a desenvolver uma operação de combate à criminalidade praticada com recurso à aplicação MB WAY, dando cumprimento a 51 buscas, sendo 17 destas domiciliárias.

Esta operação decorre de uma investigação a cargo do Departamento de Investigação Criminal da PSP e dirigida pelo DCIAP, na qual são investigados fatos suscetíveis de, em abstrato, configurarem crimes de burla, burla informática, falsidade informática e acesso ilegítimo.

As buscas estão a ser realizadas nos Concelhos de Avis, Almeirim, Monforte, Fronteira, Elvas, Campo Maior e Setúbal e contam com a colaboração dos Comandos Distritais da PSP de Santarém, Portalegre e Setúbal, bem como da GNR.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31