Oito alunos do concelho de Alcácer do Sal do 2º e 3º ciclos do Ensino Básico, Ensino Secundário e Ensino Secundário Profissional vão ser distinguidos pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal com Prémios de Mérito Municipal Escolar pelo seu excelente desempenho escolar no ano letivo 2018/2019. A cerimónia vai decorrer no salão nobre dos paços do concelho no dia 15 de novembro (sexta-feira), a partir das 21h.

Estas distinções, atribuídas anualmente pelo Município, destacam o trabalho e a dedicação dos alunos do concelho, partilhando o seu sucesso com a família, amigos e comunidade em geral e incentiva-os a continuarem a procura pela excelência na sua prestação escolar rumo a um caminho profissional (e pessoal) de êxito.

Os alunos a serem agraciados com Certificados de Mérito Municipal Escolar, um cheque-brinde de apoio ao seu percurso escolar e uma recordação simbólica são: Maria Clara Flamino e Martim Correia(2º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Flávia Aniceto (2º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); Irina Sombreireiro e Ana Lopes (3º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Vanessa Galego (3º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas do Torrão); Madalena Batista (ensino secundário na área de Ciências Socioeconómicas, no Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal); Daryna Yaroshyk(ensino secundário, concelho na Área de Restaurante/Bar, do Curso Profissional, no Agrupamento de Escolas de Alcácer do Sal).

Decorreu esta segunda feira, 11 de novembro, no jardim de infância de Pardais (Vila Viçosa) o tradicional magusto de São Martinho, organizado pelo agrupamento de escolas e pela Junta de Freguesia de Pardais, em parceria com a Cáritas.

A Rádio Campanário marcou presença nas celebrações e falou com Inácio Esperança, presidente da Junta de Freguesia de Pardais.

Para o presidente da Junta de Freguesia, o evento pretende “manter as tradições, comemorando as datas, que são importantes para todos nós”.

Inácio Esperança explica que “tentamos ensinar as crianças que no dia de São Martinho comem-se as castanhas e o resto ainda não se lhes pode ensinar, mas com o tempo eles vão aprendendo”.

“Ensinamos as crianças que no dia de São Martinho comem-se as castanhas…o resto ainda não lhe podemos dizer”
Inácio Esperança

 

O presidente refere que “vamos oferecer castanhas em parceria com o Jardim de Infância, que com a ajuda da Cáritas promovem este evento”.

Ao que a RC pode constatar junto da responsável do Jardim de Infância de Pardais, as verbas angariadas no pequeno bazar existente no magusto, destinam-se a uma viagem de estudo para as crianças do referido estabelecimento.

Um homem, alegadamente, tentou matar a tiro a ex-mulher e a sogra, em Cumeada, concelho de Reguengos de Monsaraz.

As mulheres com 54 e 73 anos, ficaram em estado grave após terem sido baleadas pelo homem, durante a noite de domingo (10 de novembro).

As vítimas foram transportadas para o Hospital de Évora, mas tendo em conta a gravidade dos ferimentos , foram transferidas para o Hospital de São José e Hospital de Santa Maria em Lisboa.

A mulher de 54 anos esteve casada com o homem, durante cerca de 10 anos. O ex-casal viveu durante vários anos na Suiça, tendo regressado recentemente a Portugal.

Após o divórcio a mulher foi viver com a mãe (a outra vítima de 73 anos).

O caso está entregue à Polícia Judiciária, e o homem será acusado de dupla homicídio na forma tentada.

Segundo o CDOS de Évora o alerta foi dado pelas 22H00 de domingo.

 

A Metared e a Universidade de Évora promovem, no próximo dia 12 de novembro, o lançamento da Metared Portugal para apresentar às Instituições de Ensino Superior (IES) portuguesas este projeto colaborativo de universidades ibero-americanas na área da Tecnologia da Informação e da Transformação Digital das universidades.

No próximo dia 16 (Sábado), pelas 16h, no Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa,

a SONATA- Associação Musical do Alentejo irá promover mais um concerto inserido no seu Programa Cultural. 

Este evento será o ponto culminante desta Primeira Temporada de iniciativas promovidas pela Associação.

Como forma de celebrar a rica tradição da música coral em Vila Viçosa, e em particular no Santuário, terá lugar um Encontro de Coros. Nesta primeira edição, o Coro do Santuário da Padroeira de Portugal será anfitrião e irá apresentar-se em concerto juntamente aos coros convidados:  Coro Polifónico da Sociedade Filarmónica Municipal Redondense (Redondo),  Coro Beato Aleixo Delgado (Elvas), Orfeão Tomaz Alcaide (Estremoz) e o Coral Públia Hortênsia de Castro (Elvas). 

Este evento contará com o apoio da  Régia Confraria de Nossa Senhora da Conceição da UNITATE - Associação de Desenvolvimento da Economia Social e da Cáritas Paroquial de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa. 

 

O Itinerário Complementar (IC) 1, uma das principais vias de acesso ao Algarve, vai ser alvo de obras de melhoria das condições de segurança e circulação rodoviária ao longo de cerca de 25 quilómetros, desde o limite do distrito Beja (km 697+480) até ao nó de São Bartolomeu de Messines (km 722+400), no concelho de Silves.

Apesar da Infraestruturas de Portugal (IP) não confirmar valores, segundo adianta o CM, o investimento é de cerca de 5M euros.

A obra prevê a reabilitação integral do pavimento do IC1 entre o Alentejo e Algarve.

Serão ainda efetuadas obras de reforço e adequação da sinalização e dos dispositivos de segurança da rodovia, bem como a melhoria do sistema de drenagem e intervenções de conservação em vários taludes.

Para já, a empresa pública lançou o concurso público para a elaboração do projeto de execução, que tem um preço-base de 230 mil euros e um prazo máximo de desenvolvimento de sete meses. Após a conclusão do projeto, a IP avançará com a empreitada para a realização das obras.
 

O CVS da Serra completou 49 anos de existência, dia 08 de Novembro de 2019 e reuniu os sócios no passado domingo dia 11 para celebrar o facto, com um lanche convívio seguido de magusto como é apanágio da época em que nos encontramos.

Numa festa que contou com a presença da senhora presidente da Camara Municipal de Portalegre e do presidente da Junta de freguesia da Ribeira de Nisa e Carreiras, foi também aproveitada a ocasião, para apresentar á comunidade a equipa de atletismo do centro que regressa assim á pratica desportiva federada, após um interregno de alguns anos.

A equipa conta com o apoio da Unicar, comércio de automóveis, Unikedesign Studio e Flash Events, empresas da região que se associaram ao projecto e irá disputar os vários circuitos AADP.

Conta neste momento com 15 atletas dos 6 aos 60 anos e tem por principal objectivo a promoção da prática desportiva como meio para atingir um estilo de vida saudável, num ambiente familiar e sem custos para os que queiram juntar-se à equipa, garantem também um acompanhamento técnico especializado.

Para aqueles que pretendem atingir objectivos competitivos mais elevados, integra a equipa o atleta ex internacional senegalês Lamine Niang, que na época passada representou a Juventude Vidigalense uma das potências do atletismo nacional e caberá a ele o enquadramento e acompanhamento técnico dos atletas.

8 colisões, 9 crimes contra o património e mais de 70 infrações foram algumas das ocorrências registadas pela GNR durante o fim de semana, na área de responsabilidade do Comando Territorial de Évora.

Segundo o Comando Territorial de Évora foram registados 14 acidentes de viação, sendo 8 colisões, 4 despistes e 2 atropelamentos, dos quais resultou 1 ferido leve.

Registou-se ainda um acidente de trabalho em Vila Viçosa, do qual resultou uma vítima mortal.

No âmbito da criminalidade foram registadas 14 ocorrências, sendo 9 crimes contra o património, 2 crimes contra as pessoas, 2 crimes contra a vida em sociedade e 1 crime a previsto em legislação avulsa.

No que respeita a contraordenações foram registadas 77 infrações rodoviárias e 1 contra a legislação ambiental.

O Ministério Público (MP) acusou 5 militares da GNR, com idades compreendidas entre os 23 e os 36 anos, dos crimes de invasão de domicílio, sequestro e ofensa à integridade física qualificada.

Em causa estão vítimas oriundas do Nepal, trabalhadores em explorações agrícolas no concelho de Odemira, que em outubro do ano passado terão sido “severamente agredidos” na sequência de uma festa num restaurante de Almograve.

Um dos arguidos é André Ribeiro, dirigente da associação socioprofissional independente da guarda, que se encontra sujeito a permanecer em casa sob vigilância eletrónica desde maio.

Os outros 4 arguidos, militares da GNR afetos ao posto de Vila Nova de Milfontes, estão suspensos de funções, sendo que um se encontra acusado do crime de falsificação de documentos.

Alegadamente, André Ribeiro, terá sido chamado a participar numa festa de indianos no restaurante “Mar Azul”, tendo presenciado uma discussão entre uma das vítimas e outro nepalês, por quem tinha sido recrutado sem que tivesse recebido o que, lhe pertencia.

O militar, chamou duas patrulhas com dois elementos cada e terá comandado as operações de entrada em habitação sem mandado e de espancamento das vítimas.

O MP não conseguiu apurar o tipo de relação mantida por André Ribeiro com o recrutador de mão-de-obra estrangeira, mas acredita que lhe prestasse colaboração, tendo a ação dos militares servido para defender a autoridade daquele junto dos trabalhadores.

São Martinho foi um cavaleiro, um monge e um santo. É capaz de trazer o verão ao outono e, graças a ele, todos os anos comemos castanhas. Descobre a história por trás do Dia de São Martinho, que se celebra a 11 de novembro 

Corria o ano de 337, no século IV, e um outono duro e frio assolava a Europa. Reza a lenda que um cavaleiro gaulês, chamado Martinho, tentava regressar a casa quando encontrou a meio do caminho, durante uma tempestade, um mendigo que lhe pediu uma esmola. O cavaleiro, que não tinha mais nada consigo, retirou das costas o manto que o aquecia, cortou-o ao meio com a espada, e deu-o ao mendigo. Nesse momento, a tempestade desapareceu e um sol radioso começou a brilhar.

O milagre ficou conhecido como «o verão de São Martinho». Desde então, por altura de novembro, o ríspido tempo de outono vai embora e o sol ilumina-se no céu, como aconteceu quando o cavaleiro ofereceu o manto ao mendigo.

É por causa desta lenda que, todos os anos, festejamos o Dia de São Martinho a 11 de novembro. O famoso cavaleiro da história era um militar do exército romano que abandonou a guerra para se tornar num monge católico e fazer o bem.

São Martinho foi um dos principais religiosos a espalhar a fé cristã na Gália (a atual França) e tornou-se num dos santos mais populares da Europa! Diz-se que protege os alfaiates, os soldados e cavaleiros, os pedintes e os produtores de vinho.

Foi a 11 de novembro que São Martinho foi sepultado na cidade francesa de Tours, a sua terra natal e é por esse motivo que a data foi a escolhida para celebrar o Dia de São Martinho. Além de Portugal, também outros países festejam este dia. Em França e Itália, à semelhança de Portugal, comem-se castanhas assadas. Já em Espanha, faz-se a matança de um porco, e na Alemanha acendem-se fogueiras e organizam-se procissões.

  •  

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30