×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

O Presidente da Câmara Municipal de Alandroal através da sua página pessoal de facebook deu conta que, “depois de ter ficado deserto e após uma revisão do orçamento no sentido de ir ao encontro das expectativas de um mercado em constante mudança, está novamente lançado o concurso público para a execução da Praia Fluvial das Azenhas D´El Rei, em Montejuntos. “

De acordo com o anúncio de procedimento nº 406/2021 publicado em Diário da República, a realização desta empreitada visa a construção da Área Recreativa das Azenhas d'El Rei - Praia Fluvial, nas margens do Lago Alqueva, de cujos trabalhos se destacam a execução de modelação do terreno e limpeza de toda a área de intervenção, pavimentos em saibro nas zonas de circulação e estacionamento de viaturas, redes de abastecimento de água, esgotos domésticos e de eletricidade, o fornecimento e colocação de areia na zona da praia, a implementação de módulos pré-fabricados de diversos equipamentos de apoio, a rampa de varadouro e o ancoradouro do Centro Náutico.

O Valor do preço base do procedimento é de 673.916,00 euros.

O prazo de execução do contrato é de 120 dias e o prazo de apresentação de propostas até às 17 : 00 do 15 º dia a contar da data de envio do presente anúncio, publicado em Diário da República no passado dia 14 de janeiro.

 

 

O primeiro-ministro António Costa anunciou esta terça-feira que o decreto com as novas medidas restritivas para o combate à covid-19, que foi aprovado pelo Governo na segunda-feira passada, vai entrar em vigor às 00:00 desta quarta-feira.

"O senhor Presidente da República [Marcelo Rebelo de Sousa] já promulgou o nosso decreto lei. Portanto, o decreto será publicado ainda hoje [em Diário da República] e entrará em vigor às 00:00 de quarta-feira", declarou António Costa, hoje, na Assembleia da República.

O Presidente da República assinou hoje esse decreto do Governo que altera a regulamentação do estado de emergência devido à pandemia de covid-19. O anúncio foi feito através de uma nota no "site" da Presidência da República em que Marcelo também anuncia um encontro com especialistas sobre o "ano letivo em curso".

Recorde aqui as novas medidas de confinamento:

No que diz respeito à Restauração e lojas:
- Proibida a venda ou entrega ao postigo em qualquer estabelecimento do ramo não alimentar, como lojas de vestuário.
- É proibida a venda ou entrega ao postigo de qualquer tipo de bebida nos estabelecimentos alimentares.
- Proibido o consumo de produtos alimentares à porta dos estabelecimentos ou nas imediações na via pública.
- São encerrados todos os espaços de restauração, dentro dos centros comerciais, mesmo os que operavam em take-away.
- São proibidas as campanhas de saldos, promoções e liquidações que promovam a deslocação de pessoas.


Em relação aos Espaços públicos
- É proibida a permanência em espaços públicos de lazer, como jardins, apesar de poderem ser frequentados.
- É pedido aos presidentes de câmara que limitem o acesso a locais de grande concentração de pessoas, como frentes marítimas, e sinalizem a proibição de utilização de bancos de jardim, parques infantis e parques desportivos.


Em relação aos Trabalhadores
- Todos os trabalhadores que tenham de se deslocar para trabalhar presencialmente precisam de credencial da entidade patronal. E todos as empresas com mais de 250 trabalhadores têm de enviar dentro de 48 horas à Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) a lista nominal dos trabalhadores nesta circunstância.

Relativamente a Circulação e horários
- São encerradas as universidades seniores e os centros de dia.
- É reposta a proibição da circulação entre concelhos aos fins de semana.
- Os estabelecimentos de qualquer natureza terão de encerrar às 20h00 dos dias úteis e às 13h00 aos fins de semana, exceto o retalho alimentar que poderá encerrar até às 17h00.

 

O Município de Alandroal atualizou a situação epidemiológica do concelho.

Assim, segundo informação adiantada, o concelho registou nas últimas horas 14 casos recuperações elevando para 128 o número de casos recuperados.

No que diz respeito a casos ativos, são 49 o que perfaz um total acumulado de 178.

Há ainda a lamentar 1 óbito.

O Alentejo está sob aviso amarelo nas próximas horas, devido à previsão de vento e chuvas fortes, e à aproximação da Depressão Gaetan tal como a Rádio campanário noticiou.

Para a madrugada desta quarta-feira estão previstos períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada.

Face às previsões, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil emitiu um alerta à população advertindo para as condições meteorológicas adversas que são esperadas para as próximas horas.

Assim a ANPC chama a atenção para:

Piso rodoviário escorregadio por eventual acumulação de gelo, neve e formação de lençóis de água;

Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;

Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;

Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;

Dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de praia-mar, podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis;

Danos em estruturas montadas ou suspensas;

Possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento forte, bem como de afetação de infraestruturas associadas às redes de comunicações e energia;

Possíveis acidentes na orla costeira;

Aumento do desconforto térmico na população em especial pela conjugação da temperatura mínima baixa e do vento intenso.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) recorda ainda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo se forem adoptados comportamentos adequados nomeadamente:

Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;

Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençóis de água e gelo nas vias;

Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;

– Evitar a circulação em vias afetadas pela acumulação de neve e quando isso não for possível, adotar as seguintes medidas:

Verificação do estado dos pneus e respetivas pressões;

Transporte e colocação das correntes de neve nos veículos;

Assegurar o abastecimento de combustível em níveis que permitam percorrer trajetos alternativos ou a permanência do veículo em funcionamento por longos períodos de tempo, em caso de retenção nas vias afetadas;

Garantir que os sistemas de aquecimento dos veículos se encontram em bom estado de funcionamento;

Providenciar alimentos adequados em quantidade e características, assim como medicamentos, de acordo com o número e tipologia de ocupantes dos veículos.

Nas vias afetadas pela acumulação de neve, são desaconselhadas viagens com crianças, idosos ou pessoas com necessidades especiais;

Evitar circular naquelas vias com veículos pesados, em particular articulados, veículos com reboque e veículos de tração traseira;

Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;

Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atenta para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em virtude de vento mais forte;

Ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas;

Estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

 

O eurodeputado Carlos Zorrinho, eleito pelo PS, no comentário desta terça-feira, dia 19 de janeiro, abordou aos microfones da Rádio Campanário, a situação de emergência que o país vive com a quase rutura do serviço nacional de saúde devido à COVID-19, o possível fecho das escolas, as eleições presidenciais, o pedido do Ministro das Finanças para a rápida aprovação dos Planos de Recuperação pelos Estados Membros da UE”.

Vivemos num contexto de emergência devido à Covid 19, que ainda há bem pouco tempo não imaginávamos, afirma o eurodeputado Carlos Zorrinho, colocando a decisão política na auscultação dos especialistas. “Hoje temos que dar prioridade absoluta a questão médica”, sendo que as decisões devem ser tomadas em consenso pelos diferentes parceiros.

Questionado sobre o fecho da Escolas, hoje solicitado por diferentes setores da viva social portuguesa, Carlos Zorrinho, diz compreender os impactos avançados por docentes, pais, e outros intervenientes na vida escolar, no entanto também é sabido que muitos estudantes não têm condições para estudar a partir de casa e não podemos hipotecar o futuro de esta geração. “É importante que as decisões sejam tomadas com sangue frio, ouvindo os especialistas e dando prioridade ao controle do surto sanitário”, concluiu sobre esta questão.

Sob a nova a vacina anunciada hoje, a vacina da Jonhson & Jonhson, o eurodeputado afirma que agora que Portugal assegura a Presidência da União Europeia, cabe ao nosso país assegurar um rápido processo de vacinação para alcançar a tão desejada imunidade comunitária e tal só será possível se houver um maior número de vacinas aprovadas seguras. No entanto este será sempre um processo longo e demorado que que é urgente a responsabilização de cada um. “As medidas só são eficazes se os cidadãos as cumprirem e praticarem”, afirmação feita em alusão as regras não cumpridas do novo confinamento em vigor.

Quanto às Presidenciais do próximo domingo, o eurodeputado salienta a vontade que os cidadãos têm em participar no ato eleitoral e apela à participação de todos mesmo que se sintam tristes e constrangidos, “as eleições são momentos de afirmação da democracia”, acrescenta.

Questionado sobre o recente pedido do Ministro das Finanças João Leão para que os Estados Membros aprovem, com rapidez, os Planos de Recuperação, diz Zorrinho que acredita no empenho de todos para acelerar o processo.

 

O Conselho de Administração do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) informa que, após ter sido identificado um doente positivo para COVID-19, no Serviço de Psiquiatria, foi determinada a realização de despiste a todos os contactos de risco e foram iniciados os testes de rastreio aos profissionais e aos doentes internados, conforme o que está preconizado no Plano de Contingência do HESE.

Segundo a informação do HESE, o doente realizou o teste antes de ser internado, conforme está preconizado, e o resultado era negativo.

Após o internamento, repetiu-se o teste de rotina, e, apesar de assintomático, o doente teve um teste positivo, tendo sido transferido para a Enfermaria COVID.

Até ao momento, do total de 13 internados, para além do primeiro doente que testou positivo, estão confirmados mais 7 doentes positivos, sendo que todos se encontram estáveis.

Todos os familiares dos doentes positivos foram contactados pelo Hospital e informados sobre a situação.

Por questões de segurança, no serviço de Psiquiatria e Saúde Mental os internamentos estão suspensos até normalização da situação.

 

O Município de Elvas atualizou hoje, dia 19 de janeiro, a situação epidemiológica no concelho, registando mais 34 novos casos positivos de Covid-19.

Segundo os dados divulgados pela Autoridade de Saúde Local , estão confirmados 973 casos positivos de Covid-19 no concelho, sendo que 406 encontram-se ativos.

É de notar que também foram registadas 555 recuperações no concelho, sendo no dia de hoje registaram-se mais 22.

Segundo a autarquia, foi também registado mais um óbito no dia de hoje. No total, o concelho tem a lamentar 12 óbitos desde o inicio da pandemia.

A Câmara Municipal de Grândola lançou recentemente o concurso público para a obra de requalificação dos espaços exteriores da zona envolvente ao Bairro da Esperança, Parque de Feiras e Parque Desportivo, num investimento de cerca de 390 mil euros.

O Município informa que esta intervenção vai decorrer em duas fases e pretende reabilitar zonas de lazer que se encontram bastante degradadas criando, ao mesmo tempo, novos espaços de recreio, e mais e melhores condições para moradores e para todos os que visitam e usufruem dos equipamentos municipais.

Esta obra de requalificação divide-se em duas fases, sendo que, a obra vai começar na Alameda 22 de outubro, com a construção de um parque de estacionamento em pavimento betuminoso na área em terra batida em frente à entrada principal do Parque de Feiras. 

As obras irão seguir posteriormente para o Largo Serrano da Piedade, cuja a intervenção inclui o abate da vegetação arbórea em mau estado fitossanitário e substituição pela mesma espécie, e a introdução de novos elementos; áreas pavimentadas em betão poroso enquadradas por canteiros de relva e arbustos; mobiliário urbano, iluminação, bebedouro e bicicletário dotando este espaço público de mais e melhores condições de utilização de recreio e lazer. Prevista está também a construção, numa das laterais do jardim, de uma bolsa de estacionamento com 6 lugares de veículos automóveis e velocípedes e a requalificação da bolsa de estacionamento existente junto ao edifício de habitação municipal.

Na rua 1.º de maio, a intervenção prevê a requalificação das bolsas de estacionamento, duplicando a sua capacidade, através do estacionamento perpendicular, passando a ter 55 lugares mais 1 de portador de deficiência e bolsa de estacionamento para velocípedes; a reparação do pavimento que se encontra em mau estado e a pavimentação do separador central com blocos retangulares de cor amarela com o objetivo de dar continuidade à linguagem urbana da Alameda 22 de outubro.

A 2.ª fase da obra vai incluir a requalificação de passeios, estacionamentos, mobiliário urbano, vegetação arbórea e a circulação viária. Junto à entrada do parque desportivo, na área em terra batida, vai ser criada uma rotunda em substituição do separador existente, possibilitando uma maior fluidez em termos de circulação e acesso ao parque, bem como um lugar de paragem para os autocarros; na área de estacionamento atualmente informal vai ser criado um parque de estacionamento em pavimento betuminoso, com elementos arbóreos e nova iluminação, com capacidade para 105 lugares de estacionamento, 3 dos quais para portadores de deficiência. Na envolvência deste parque vai ser criada uma faixa pavimentada pedonal que permitirá uma ligação à entrada do parque e uma zona de estar equipada com mobiliário urbano e nova vegetação arbórea.

De referir que em todas as zonas intervencionadas vai ser implementado um sistema de rega automática mais eficiente e de menor consumo.

O Primeiro-Ministro, António Costa,  falou hoje em plena Assembleia da República acerca do custo social que o encerramento dos estabelecimentos de ensino teria no país.

O nono estado de Emergência trouxe novas medidas e restrições à circulação dos portugueses, no entanto, o encerramento das escolas continua a ser um tema de debate entre o governo e os especialistas.

António Costa, em questão à continuidade do funcionamente das escolas em regime presencial e as medidas para assegurar a segurança dos alunos, afirma que, "se amanhã soubermos que a estirpe inglesa [da Covid-19] se tornou dominante no nosso país, aí muito provavelmente vamos ter que fechar as escolas."

"Neste momento é adequado proteger e garantir a educação desta geração. Quando a sobrevivência desta geração depender do encerramento das escolas é isso que será feito", frisa o primeiro-ministro.

 

O Município de Vila Viçosa atualizou novamente a situação epidemiológica do concelho à data de 17 de janeiro.

De acordo com os dados da Autoridade de Saúde, revelados pela autarquia, o concelho de Vila Viçosa registou 9 novos casos, aumentando assim para 210 casos ativos de COVID-19.

Atualmente o concelho contabiliza 319 casos confirmados de COVID-19, dos quais 210 ativos, 101 recuperados e 08 óbitos.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31