25 Nov. 2020
Nuno Rocha
Ponto de Contacto
11:00-13:00
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 64

Em comunicado, o Comando Distrital de Portalegre da Polícia de Segurança Pública informa os resultados da atividade operacional e as ocorrências de maior relevo registadas na sua área de jurisdição, em Portalegre e Elvas, no período entre 16 e 22 de novembro:

 1.    ATIVIDADE OPERACIONAL

           1.1 .  Ações/operações de fiscalização

               Em Portalegre e em Elvas realizaram-se:

2 ações de fiscalização a estabelecimentos comerciais, no âmbito das regras sanitárias impostas pela DGS.

8 ações de fiscalização e sensibilização aos automobilistas e transeuntes para cumprimento do previsto na Resolução de Conselhos de Ministros nº 96-B/2020.

1 ação de fiscalização no âmbito da atividade de segurança privada.

2 ações de visibilidade em zonas de maior aglomeração de população e nos locais de maior acumulação de tráfego e sinistralidade rodoviária;

7 operações de fiscalização rodoviária, tendo sido controlados e fiscalizados 1100 veículos/condutores e detetadas várias infrações das quais destacamos:

o    7 por falta de inspeção obrigatória da viatura;

o    1 por falta de seguro obrigatório da viatura;

o    1 por uso do telemóvel durante exercício da condução;

o    2 infrações por condução viatura com uma TAS de álcool entre 0,50g/l e 1,19g/l;

o    1 por excesso de velocidade.

  1.2.  Outros resultados

                  Foram detidas 6 pessoas, com idades compreendidas entre os 22 e os 57 anos de idade pela prática dos seguintes crimes:

1 por condução de veículo em estado de embriaguez, com TAS de 2,18g/l.

3 por condução sem habilitação legal.

1 por posse de arma proibida.

1 por furto em interior de estabelecimento.

Foram ainda detidas 2 pessoas no cumprimento de Mandado de Detenção e Condução.

Os mesmos foram Constituídos Arguidos, submetidos a Termo de Identidade e Residência, passando os processos à fase de inquérito.

2.    OCORRÊNCIAS DE MAIOR RELEVO

          2.1.  Sinistralidade Rodoviária

            Em Portalegre:

Registou-se 1 acidente de viação, do qual resultou 1 ferido grave e danos materiais nas viaturas intervenientes.

             Em Elvas:                                                                                                            

Registaram-se 6 acidentes de viação, dos quais resultaram 2 feridos leve e danos materiais nas viaturas intervenientes.

A Santa Casa da Misericórdia de Portalegre tem abertas cinco vagas para a recrutamento de um/a ajudante de lar e centro de dia.

Em nota, a instituição explicita que este recrutamento oferece um “contrato de trabalho a termo certo de 6 meses; carga horária de 40 horas semanais; vencimento base: 635,00€ + subsídio de férias + subsídio de Natal”.

Os interessados deverão apresentar a candidatura “até ao dia 27/11/2020 no Serviço de Recursos Humanos da Instituição ou por correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. e deverão conter o Curriculum Vitae, comprovativo de habilitações e formações, assim como experiência profissional”.

A Câmara de Vila Viçosa atualizou hoje a situação epidemiológica no concelho.

Segundo a atualização da autarquia regista-se um aumento de 24 pessoas recuperadas.

Assim, o concelho calipolense regista, até ao momento, 138 casos positivos, dos quais 61 ativos, 70 recuperados e 07 óbitos. 

Segundo o último Boletim Epidemiológico da DGS, tornado público no dia de hoje, 23 de novembro, foram confirmados 5.237 casos de COVID-19 no Alentejo, mais 68 em relação ao dia de ontem.

Neste momento estão registadas, de acordo com o Relatório, 98 mortes na região, mais 2 do que ontem.

Segundo o último boletim epidemiológico da DGS, até hoje, dia 23 de novembro, foram confirmadas 264.802 pessoas infetadas com COVID-19, mais 4.044 em relação ao dia 22.

Foram também registados um total de 3.971 óbitos, mais 74 em relação ao dia de ontem.

O número de pessoas recuperadas passa a 176.827, mais 3.908 nas últimas 24 horas.

Neste momento estão 3.241 pessoas internadas devido à COVID-19, das quais 498 nos Cuidados Intensivos. 82.025 estão em vigilância pelas Autoridades de Saúde.

De acordo com a Direção-Geral de Saúde, estão registados 84.004 casos de COVID-19 ativos em Portugal.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), no âmbito das suas competências, realizou, no último fim de semana, uma operação de fiscalização no âmbito da verificação do cumprimento das medidas decorrentes do Estado de Emergência, direcionadas a operadores económicos inseridos em centros comerciais, grandes superfícies comerciais e em estabelecimentos de comércio a retalho.

As ações realizadas tiveram o empenhamento de cerca de 35 inspetores e centraram-se na verificação das regras aplicáveis ao setor dos hipermercados, supermercados, grandes estabelecimentos, restauração e similares, por forma a garantir o cumprimento integral das regras de lotação, ocupação, permanência e distanciamento físico em espaços públicos e estabelecimentos comerciais, entre outros.

Como resultados operacionais, registam-se a fiscalização de 94 operadores económicos, tendo sido instaurados 12 processos por contraordenação relativos à falta de observância das regras de lotação, ocupação, permanência e distanciamento físico em estabelecimentos comerciais, à falta de cumprimento dos horários de funcionamento dos estabelecimentos de comércio a retalho ou de prestação de serviços e, ainda, à falta de uso de máscaras ou viseiras.

Foram, também, instaurados dois processos-crime, um deles pela existência de géneros alimentícios anormais avariados e um por desobediência, ambos em retalhistas.

Foi, ainda, efetuada a suspensão temporária, por período não superior a 30 minutos, da atividade de dois operadores económicos, designadamente, um hipermercado e um supermercado, pelo incumprimento das regras de ocupação e lotação, cujos valores de desvio ultrapassaram em cerca de 45% o permitido, no ato de inspeção, de acordo com a capacidade máxima definida. Por outro lado, procedeu-se à suspensão da atividade de dois operadores económicos com cominação de desobediência.

Até à data, nesta vertente específica de fiscalização, a ASAE fiscalizou cerca de 3100 agentes económicos e instaurou três processos-crime e 161 processos por contraordenação, dos quais 70 por incumprimento das normas relativas à saúde pública, no âmbito do combate à COVID-19.

A ASAE continuará a desenvolver ações de fiscalização no âmbito das suas competências, em todo o território nacional, para garantia do cumprimento das regras de saúde pública determinadas pela situação pandémica.

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), promove no próximo dia 15 de dezembro, pelas 10h00, em plataforma online, a Mesa Redonda "Soluções Baseadas na Natureza: Alterações Climáticas e Governança".

Esta iniciativa surge no âmbito do projeto My Building Is Green, do qual a CIMAC é parceira, e tem como objetivo aumentar a consciência, sensibilização e conhecimento das Soluções Baseadas na Natureza como medidas de adaptação climática em edifícios e cidades.

Para realizar a sua inscrição aceda a www.cimac.pt

Como a Rádio Camapanário noticiou, a greve dos trabalhadores não docentes das escolas que estava marcada para o dia 07 de dezembro foi hoje desconvocada, depois de o Governo ter anunciado tolerância de ponto na Administração Pública no mesmo dia.

Num comunicado, a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais (FNSTFPS) esclareceu que a suspensão da greve não significa o recuo nas reivindicações dos trabalhadores. Entre as principais reivindicações, os funcionários das escolas pedem o fim do trabalho precário e a integração nos quadros de todos os trabalhadores a termo certo, o reforço de pessoal com mais 6.000 não docentes e o fim do processo de municipalização.

Quando anunciou a greve, na quinta-feira, o dirigente da federação, Artur Sequeira, explicou que tal se devia à falta de respostas do Governo ao setor. "Se o Ministério da Educação quiser recuar esta greve, sabe muito bem quais são as respostas que tem de dar. Tem de encontrar soluções duradouras para estabilizar o corpo não docente das escolas", afirmou na altura o dirigente da FNSTFPS.

Segundo um comunicado enviado à nossa redação, foi aprovado, por unanimidade, na última reunião de Câmara de Moura, de 18 de novembro, o Projeto de Arquitetura do Posto Médico de Póvoa de São Miguel.

Dando resposta à solicitação da Junta de Freguesia de Póvoa de São Miguel, técnicos do Município de Moura desenvolveram o projeto de arquitetura que visa adaptar o edifício dos Correios às novas instalações do Posto Médico dessa freguesia do concelho

O projeto define três zonas funcionais distintas designadamente atendimento e espera, gabinetes médicos e instalações sanitárias. É ainda prevista a execução de uma rampa para a via pública para acesso a utilizadores de cadeiras de rodas. A obra tem um prazo de execução de seis meses, prevendo-se como estimativa de custo o valor de cerca de €41.000,00.

Foi confirmado num novo surto de covid 19 na cidade de Évora  Évora com origem num colégio e que pode ter já 25 casos confirmados.

A notícia é avançada pela DianaFM e confirmada pelo presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá.

Segundo o autarca, as pessoas infetadas neste surto são “funcionários e crianças” do colégio e também familiares.

De acordo com a informação avançada, este surto “ainda está em investigação” pela Autoridade de Saúde Pública, pelo que “os casos ainda podem subir nos próximos dias”, assinalou.

Segundo o presidente do município de Évora, o colégio encontra-se encerrado temporariamente há uma semana.

Pinto de Sá adiantou que os mais recentes dados enviados ao município pela Autoridade de Saúde Pública, referentes ao passado sábado, apontam para a existência de 250 casos ativos de covid-19 no concelho de Évora.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30