A cultura é, talvez, o que melhor define um povo e um país. É a maior e mais rica herança que se passa de geração em geração. É a marca que nos diferencia e torna únicos, sendo também sinónimo de conhecimento, história e memória.

A Câmara Municipal de Alandroal realiza este programa cultural do qual a Rádio Campanário é parceira.

Este sábado à noite, “Alandroal ConVida – Cultura em Casa e ao Luar” conta com a atuação do “Quinteto Jazz de Lisboa” com os convidados Vitorino Salomé, Carlos Salomé e José Leitão, a partir das 21h30.

Acompanhe a transmissão em direto na Rádio Campanário em 90.6FM, através de www.radiocampanario.com ou na nossa página de Facebook.

A Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Portalegre (ADBSP), em colaboração do serviço de sangue da ULSNA, organizou uma colheita de sangue em Nisa à qual se apresentaram 32 voluntários.

Destes, apenas 29 pessoas estavam aptas para doar sangue, os outros três não puderam efetuar a dádiva pois assim ditaram os exames prévios e que visam salvaguardar o bem-estar de dadores e recetores.

A ADBSP, em comunicado, destacou “a musculada presença feminina, com 19 inscrições (59,4%).” Salientando ainda os cinco estreantes, entre eles três do sexo feminino.

No que se refere ao Registo Português de Dadores de Medula Óssea efetivou-se uma inscrição. Mas, neste caso, a maior parte dos dadores há muito que se encontram inscritos no sistema.

A Associação de Dadores Benévolos de Sangue de Portalegre tem agendado uma nova dádiva para amanhã, 11 de julho, uma nova recolha de sangue, nos Bombeiros Voluntários de Avis e no dia 18 de julho no Centro de Saúde de Castelo de Vide.

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Moura informa que, foi confirmado esta sexta-feira, 10 de julho, pela Autoridade de Saúde Pública da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, mais três casos positivos de COVID-19, em Moura.

A Câmara Municipal de Moura, através do Serviço Municipal de Proteção Civil e em articulação com a Autoridade de Saúde Pública, encontra-se a acompanhar a evolução da situação epidemiológica e a desenvolver todas as diligências por forma a conter a propagação do vírus no concelho.

O município recorda "que é imperativo que toda a população cumpra as orientações da Direção Geral da Saúde, designadamente, a higienização frequente das mãos, utilização de máscara quando se deslocar a espaços públicos, a manutenção do distanciamento social e a etiqueta respiratória". 

O Município de Gavião informou que o novo Parque de Autocaravanas, localizado na entrada da vila na Fonte Nova, está concluído e pronto a receber os primeiros turistas “logo que o licenciamento se encontre concluído”, lê-se na nota divulgada pela autarquia.

A Câmara refere ainda que para além desta nova infraestrutura, “que se insere na planificação e estratégia da Região de Turismo do Alentejo Ribatejo para atracão turística”, a escolha desta localização “permitiu intencionalmente requalificar um espaço que necessitava de intervenção e beneficiar paisagisticamente a entrada na vila”.

Todos os anos a divulgação do calendário escolar é esperada com alguma ansiedade pelas famílias e pelos alunos.

O despacho com o calendário escolar 2020-2021 foi publicado em Diário da República no passado dia 3 de julho.

A RC apresenta-lhe de seguida todas as datas a memorizar para o próximo ano letivo:

O primeiro período letivo começa, para todos os níveis de ensino, entre os dias 14 e 17 de setembro e termina a 18 de dezembro. Como já anunciado, as cinco primeiras semanas deste período serão destinadas à recuperação de aprendizagens, de modo a colmatar eventuais perdas que tenham acontecido no último ano letivo, devido aos constrangimentos resultantes da COVID-19.

O segundo período letivo arranca a 03 de janeiro e estende-se até ao dia 24 de março. Por fim, o terceiro tem início no dia 06 de abril, ficando concluído, consoante o nível de ensino, entre os dias 09 e 30 de junho.

Aulas

Períodos letivos

Início

Fim

1.º

14 a 17 de setembro de 2020

18 de dezembro de 2020

2.º

4 de janeiro de 2021

24 de março de 2021

3.º

6 de abril de 2021

9 de junho de 2021 - 9.º, 11.º e 12.º anos
15 de junho de 2021 - 7.º, 8.º e 10.º anos
30 de junho de 2021 - pré-escolar, 1.º e 2.º ciclos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contrariamente ao que aconteceu este ano, devido à pandemia, no próximo ano letivo o calendário volta a contemplar a realização das provas de aferição para os 2º, 5º e 8º anos e também os exames nacionais de 9º ano.

Provas de aferição

2.º ano

Disciplina

Data

Educação Artística, Educação Física

3 a 11 de maio de 2021

Matemática e Estudo do Meio

16 de junho de 2021

Português e Estudo do Meio

18 de junho de 2021

5.º ano

Disciplina

Data

Componente de produção e interação orais de Inglês

17 a 26 de maio de 2021

Português e Português Língua Segunda

4 de junho de 2021

Inglês

8 de junho de 2021

8.º ano

Disciplina

Data

Componente de interação do oral de inglês

Entre 17 e 26 de maio de 2021

Matemática

4 de junho de 2021

Inglês

8 de junho de 2021

Exames 9º ano

1.ª fase

Disciplina

Data

Português Língua Não Materna

17 de junho de 2021

Matemática

21 de junho de 2021

Português, Português Língua Segunda

25 de junho de 2021

2.ª fase

Disciplina

Data

Matemática

20 de julho de 2021

Português, Português Língua Segunda, Português Língua Não Materna

22 de julho de 2021

Por fim, os alunos dos 11.º ano e 12.º anos farão os habituais exames nacionais nos meses de junho e julho.

11.º ano

1.ª fase

Disciplina

Data

Espanhol, Geometria Descritiva A

18 de junho de 2021

Filosofia, Francês

21 de junho de 2021

História, História da Cultura e das Artes

22 de junho de 2021

Físico- Química, Latin

23 de junho de 2021

Economia A, Alemão

25 de junho de 2021

Inglês

28 de junho de 2021

Matemática B, Matemática Aplicada
às Ciências Sociais

30 de junho de 2021

Mandarim

2 de julho de 2021

Biologia e Geologia, Literatura Portuguesa

5 de julho de 2021

Geografia A

6 de julho de 2021

2.ª fase

Disciplina

Data

Físico-Química A, Literatura Portuguesa, Economia A, Latim A

21 de julho de 2021

História da Cultura
e das Artes, Geografia A

22 de julho de 2021

Matemática B, Matemática Aplicada às
Ciências Sociais,
Filosofia

23 de julho de 2021

História B, Geometria Descritiva A, Biologia e Geologia

26 de julho de 2021

Inglês, Alemão, Espanhol, Francês,
Mandarim

27 de julho de 2021

12.º ano

1.ª fase

Português, Português Língua Segunda, Português Língua Não Materna

17 de junho de 2021

História A

22 de junho de 2021

Matemática A

30 de junho

Desenho A

2 de julho

2.ª fase

Português, Português Língua Segunda, Português Língua Não Materna

22 de julho de 2021

Matemática A

23 de julho de 2021

História A, Desenho A

26 de julho de 2021

 

O avisense André Sousa vai partir este domingo, dia 12 de julho, do Largo do Convento, em Avis para a inédita volta ao Mundo numa minimoto Honda Monkey de 125 cc, com o objetivo de conquistar o recorde mundial.

Segundo nota do Município de Avis, André Sousa tem como objetivo “inscrever o seu nome no livro dos recordes como a mais longa volta ao mundo numa minimoto. Serão 2 anos, 60.000 km, 6 continentes e mais de 50 países, de uma aventura que começa na vila histórica de Avis”.

Esta iniciativa estava agendada para 29 de março, mas teve que ser adiada devido à pandemia de COVID-19. Inicialmente estava prevista a realização de um evento de divulgação e angariação de fundos, mas, em cumprimento das indicações da Direção-Geral de Saúde, não haverá aglomeração de público no local da partida.

A Cânara Municipal de Vila Viçosa informou hoje que "de forma a minimizar o impacto da COVID-19 (...) reforçou as medidas preventivas e os esforços coordenados para fazer face à pandemia, com especial incidência nos espaços e equipamentos públicos do município".

Desta forma, a autarquia esclarece que "decidiu não abrir a Piscina Municipal Descoberta", tendo esta medida o objetivo de "inviabilizar a existência de riscos pela utilização deste equipamento, que a atual situação epidemiológica tornou mais premente". 

Foi esta sexta-feira, 10 de julho, aprovado o Contrato Local de Desenvolvimento Social de Quarta Geração (CLDS 4G) apresentado pela Fundação Maria Inácia Vogado Perdigão Silva num valor de 504 mil euros.

Em nota, o Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, diz tratar-se de uma “excelente notícia”.

Os CLDS 4G têm por finalidade promover a inclusão social dos cidadãos, de forma multissetorial e integrada, através de ações a executar em parceria, para combater a pobreza persistente e a exclusão social em territórios deprimidos.

Os CLDS contemplam um modelo de gestão que prevê o financiamento induzido de projetos selecionados centralmente (não se prevendo para já qualquer período de candidaturas ao Programa), privilegiando territórios identificados como mais vulneráveis, definidos por despacho do membro do governo responsável pela área da Segurança Social.

Cada Projeto deve incluir ações de intervenção obrigatória que respondam a necessidades diagnosticadas.

O Programa aplica-se a todo o território nacional e aposta numa concentração de recursos nos seguintes eixos de intervenção:

- Emprego, Formação e qualificação;

- Intervenção familiar e parental;

- Capacitação da comunidade e das instituições;

- Informação e acessibilidade.

O Museu-Biblioteca da Fundação da Casa de Bragança vai inaugurar, no dia 30 de julho, pelas 16 horas, no Castelo de Vila Viçosa, a exposição “Arqueologia nos novos caminhos da água”, que conta com a parceria da EDIA e do Museu da Luz.

Às 16h30, no mesmo local, será apresentada a obra “Arqueologia 3.0 – Resgatar Memórias – Sítios, Territórios e Comunidades”.

Pode acompanhar estas atividades em direto na página do Museu-Biblioteca da Casa de Bragança na rede social Facebook.

 

Após um ano e meio de encerramento, a aldeia de São Gregório, em Rio de Moinhos, concelho de Borba, reabre na segunda quinzena de julho, com novidades.

Esta reabertura estava prevista para a Páscoa, mas devido à pandemia teve de ser adiada.

Esta aldeia foi comprada por uma família e em 1998 foi transformada para estar apta a receber turistas, tornando-se o primeiro turismo de aldeia de Portugal. O complexo foi dividido a meio, e seis das 12 casas estão agora desativadas. No entanto, Salvador Kadosh, responsável pela exploração da Aldeia de São Gregório, foca todos os esforços na outra metade do complexo.

“Quando vim cá pela primeira vez percebi logo que estava aqui uma pérola. A sensação que tive foi a de que era um lugar lindíssimo, mas um pouco abandonado. O potencial estava lá e foi amor à primeira vista”, disse em declarações à NiT.

A remodelação do espaço focou-se no interior das casas, uma vez que era necessário torná-las mais confortáveis ao mesmo tempo que se mantinha o ambiente rústico das tradicionais casas alentejanas de aldeia.

Segundo o responsável, parte da mudança está relacionada com a estratégia comercial, sendo um dos objetivos atrair mais visitantes na época baixa. O inverno rigoroso do interior requer outros elementos para combater o frio e a chuva, e é necessário planear para que os hóspedes troquem a piscina por “serões à lareira”.

Salvador Kadosh explica que “o maior investimento foi feito nestas divisões [cozinhas e salas] sem que nenhuma parede tenha sido removida ou acrescentada. Mantivemos a traça original, tipicamente alentejana. Por fora é uma aldeia do século XVI, por dentro é toda uma outra coisa”.

Na praça da aldeia, o responsável pretende juntar os visitantes para que convivam, sendo possível reservar um almoço ou jantar ao ar livre. À mesa há petiscos locais, das migas à carne de porco alentejana.

Num outro terreno, além da fronteira da aldeia, encontra-se a piscina, onde também irá nascer uma nova casa. De traça típica, terá ainda uma azenha no meio da sala. A sua conclusão está prevista para o final do ano.

De acordo com Salvador, há cinco casas disponíveis para alugar. A mais pequena tem apenas um quarto e capacidade máxima para duas pessoas e uma criança. As restantes têm dois quartos e uma capacidade máxima de cinco hóspedes, um limite que pode ser flexibilizado, mas “à custa de algum conforto”.

Todas elas estão equipadas com cozinha, casa de banho, aquecimento central, lareira, televisão e wi-fi.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31