Teve início a Empreitada de Requalificação do Espaço Público do Museu Municipal de Moura e Reabilitação da Passagem Hidráulica designada por Pontão do Matadouro.

A obra, que tem um prazo de execução de 120 dias, irá promover a reabilitação estrutural do pontão, acesso pedonal entre a Ponte da Salúquia e a Ponte do Matadouro, plantação de árvores, arbustos, relva, pavimentos e instalação de equipamento Street Workout (aparelhos de ginástica).

Os trabalhos de reabilitação estrutural do pontão irão resolver os problemas estruturais no arco do lado jusante do Pontão, que constam do relatório elaborado pelas Infraestruturas de Portugal a pedido da Câmara Municipal de Moura, no ano de 2016, onde era aconselhada a realização de obras. O atual executivo camarário decidiu avançar com a intervenção proposta e, para que fosse alvo de financiamento comunitário, procedeu à alteração do limite da ARU (Área de Reabilitação Urbana).

O custo total da obra é de 234.114,92 euros e beneficia de cofinanciamento à taxa de 85%, através do programa ALENTEJO2020.

85 infrações rodoviárias, 5 detenções e 22 acidentes dos quais resultou 1 vítima mortal foram algumas das ocorrências registadas pela GNR durante o fim de semana de 6 a 8 de dezembro, na área de responsabilidade do Comando Territorial de Évora.

Segundo o Comando Territorial foram registados 22 acidentes de viação, sendo 17 colisões, 3 despistes e 2 atropelamentos, dos quais resultaram 1 vítima mortal, 1 ferido grave e 6 feridos leves.

No âmbito da criminalidade foram registadas 19 ocorrências, sendo 7 crimes contra as pessoas, 7 crimes contra o património, 3 crimes contra a vida em sociedade, 1 crime contra o estado e 1 crime previsto em legislação avulsa.

Foram detidos 5 cidadãos, 3 pelo crime de condução sob efeito de álcool, 1 pelo crime de condução sem habilitação legal 1 pelo crime de violência doméstica.

No que respeita a contraordenações foram registadas 85 infrações rodoviárias e 1 infração ambiental.

 

 

Decorreu no passado domingo, 8 de dezembro, as celebrações do dia da Imaculada Conceição, no Santuário da Padroeira de Portugal, em Vila Viçosa.

As cerimónias religiosas foram presididas por sua excelência reverendíssima o Senhor Arcebispo de Évora, D. Francisco Senra Coelho, que aos microfones da RC refere que “é com muita alegria que vivemos esta solenidade que nos convoca a todos a ser novamente filhos”.

D. Francisco lembra que “por vezes o dia a dia faz-nos esquecer de Maria, porque aparecem alguns momentos em que a vida parece mais madrasta”, no entanto “a Mãe do Céu está sempre nas nossas vidas”.

O Arcebispo de Évora refere que “alargo este abraço de Nossa Senhora a todos aqueles que se possam sentir mais sozinhos, em provação, com falta de saúde, em qualquer circunstância mais de sal que de sol”.

Desde o Santuário de Vila Viçosa, D. Francisco Senra Coelho, “saúdo todas as famílias, pois ao falar de Nossa Senhora falamos de alguém que está no centro da família, que foi esposa e mãe”, lembrando que “durante muitos anos, neste dia 8 de dezembro, foi o dia da mãe, por isso envio um beijinho de Nossa Senhora ao coração de todas as mães”.

“Nossa Senhora está no centro da família, falamos de alguém que foi esposa e mãe”
D. Francisco Senra Coelho

 

D. Francisco Senra Coelho agradece “a todos aqueles que tem mãos revestidas de luvas de ternura e de afeto e que servem os doentes, os idosos, as pessoas com deficiência, os sós, os fragilizados, todas as pessoas que têm profissão que não é possível ser vivida apenas na dimensão técnica e na competência profissional, mas que exige o voluntariado da delicadeza, da ternura, do carinho e do sorriso”.

Sua Excelência lembra ainda “todos os voluntários que se dedicam e fazem acontecer no mundo”.

A BARBARIS TEAM de Barbacena foi a melhor equipa no IV Trail Património Mundial de Elvas e Cláudia Batuca venceu o Trail na categorai Femininos. 

Para além de ter sido a melhor equipa na prova, sagrando-se a vencedora absoluta do trail.

Em mais de 300 atletas que participaram, no top 10 encontram-se 5 atletas da equipa.

Os atletas da equipa venceram ainda os prémios Melhor Atleta Elvense (masculino e feminino).


Claudia Batuca foi a grande Vencedora do Trail Património Mundial. 

Valdemar Madeira foi 4º da Geral e o grande vencedor do seu Escalão.

Rikardo André foi 5º da Geral e 2º o seu Escalão.

Auguso Piedade foi 6º da Geral e o grande vencedor do seu Escalão.

Luis Miranda foi 7º da Geral e 3º o seu Escalão.

Nuno Gancho foi 8º da Geral e o grande vencedor do seu Escalão.

Manuel Belmiro foi 3º do seu Escalão.

Gonçalo Galguinho foi 3º do seu Escalão.

Paulo Conceição foi 2º do seu Escalão.

Arquiminio José Pestana Carretas foi 2ºdo seu Escalão.

Carla Silva foi 3ªdo seu Escalão.

O projecto “A pesca por um mar sem lixo” arrancou dia 4 no Porto de Sines, com o objectivo de reduzir os resíduos no mar, através do apoio à adopção de boas práticas ambientais por parte dos pescadores, promovendo a valorização e reciclagem desses resíduos.

O projeto conta, no arranque, com a adesão de 36 embarcações e tem como produtores parceiros a Associação dos Armadores de Pesca do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, a Cooperativa de Pesca Geral do Cenyro (OPCentro), a Cooperativa de Armadores de Pesca Artesanalpesca, a Sesibal Coop Pesca e a Vianapesca OP – Cooperativa de Produtores de Peixe de Viana do Castelo.

São ainda parceiros locais do projeto o município de Sines, a AMBILITAL e a FOR – MAR.

“A pesca por um mar sem lixo” é uma iniciativa do Ministério do Mar que está a ser desenvolvida pela Docapesca em parceria com a APLM – Associação Portuguesa do Lixo Marinho.

O projeto já foi também implementado em Peniche, Ilha da Culatra, Aveiro, Figueira da Foz, Póvoa de Varzim, Sesimbra, Setúbal, Matosinhos, Sagres, Rio Arade, Quarteira, Olhão e Nazaré.

Ao promover a recolha seletiva dos resíduos gerados a bordo e capturados nas artes de pesca e disponibilizando as infraestruturas adequadas para a sua receção em terra, este projeto, vem unir pescadores e portos na melhoria das condições ambientais da zona costeira portuguesa e na preservação dos ecossistemas marinhos.

O Município de Estremoz assinalou o II Aniversário da Inscrição da Produção de Figurado em Barro de Estremoz, no passado sábado (7 de dezembro), na Lista Representativo do Património Cultural Imaterial da Humanidade.

A cerimónia contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Estremoz, Francisco Ramos, o Diretor do CEARTE, Luís Rocha, o Diretor do Museu Municipal, Hugo Guerreiro, e ainda do Formador e Artesão, Jorge Palmela.

Decorreu também a entrega dos diplomas aos formandos do curso de formação em “Técnicas de Produção de Bonecos de Estremoz”, bem como, a entrega da Certificação pele Adere-Certifica ao barrista estremocense Duarte Catela.

A Rádio Campanário esteve presente e falou com o autarca de Estremoz, Francisco Ramos, que começa por referir que “estes cursos têm por objetivo dar continuidade a uma arte secular”.

Francisco Ramos lembra que “na primeira parte do século XX esta arte esteve praticamente perdida, felizmente que foi possível restabelecer esta arte”, acrescentando que “estas ações de formação e muitos outros atos que se irão seguir, visam a salvaguarda desta arte e serão a garantia da continuidade”.

Questionado pela RC sobre o sentimento muito forte demonstrado pelos artesãos durante a cerimónia, Francisco Ramos, considera que “tivemos ali a prova viva do que simboliza para formandos e formadores”.

O edil refere que “isto é mais do que produzir um boneco, cada boneco tem alma, cada boneco é um objeto único, no fundo cada boneco transmite aquilo que vai na alma de cada artesão”.

“Os formandos têm de perceber a importância desta arte, nós estamos aqui a transmitir a nossa história”
Francisco Ramos

 

Francisco Ramos considera que “podem escrever livros e faze filmes, aqui são os bonecos que representam a nossa história”, acrescentando que “pretendemos preservar uma obra de arte com uma profundidade muito grande do ponto de vista emocional”.

Questionado pela RC sobre onde podem ser visitados os bonecos feitos pelos formandos, o presidente da Câmara Municipal de Estremoz refere que “para já estão expostas nestas vitrines aqui nos corredores da câmara municipal de Estremoz”, no entanto, “temos um museu onde estão bonecos com muitos anos, uma coleção fabulosa já com mais de dois séculos”.

O autarca destaca que “a ação de formação terminou”, sendo que agora “cada artesão seguirá o seu caminho”, tendo a Câmara Municipal “a expetativa que cada um deles, ou a tempo inteiro ou a tempo parcial continue a dar continuidade a esta arte”.

A RC questionou Francisco Ramos sobre a continuidade destas ações de formação, ao que o autarca afirma “certamente que sim”, lembrando que “os candidatos eram muito mais, no entanto não foi possível acolher todos nesta formação”.

“Espero que num futuro próximo seja possível refazer formação nesta área”
Francisco Ramos 

O edil lembra ainda que “desde a primeira hora que a câmara apostou forte nesta área, desde a candidatura (que demorou cerca de 5 anos) até estas ações de formação”.

 

 

Celebrou-se na manhã deste domingo, 8 de dezembro, no Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição, em Vila Viçosa, a Eucaristia da Solenidade da Imaculada Conceição, cerimónia presidida pelo Arcebispo de Évora D. Francisco Senra Coelho.

A celebração contou com a presença de diversas ordens religiosas e individualidades, das quais se destaca o Arcebispo de Portalegre e Castelo Branco, D. António Dias, os Duque de Bragança, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Manuel Condenado, o Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, Silva Ribeiro, entre outras entidades civis e militares.

Os fiéis e devotos acorreram em massa ás celebrações, ficando o Santuário lotado, quer no interior, quer no exterior.

A RC deixa-lhe as imagens da celebração:

O Ministério das Finanças, liderado por Mário Centeno, deu aval a um novo curso de formação de guardas. 

 

O curso irá ser ministrado em Portalegre, no início de 2020. 

 

Em despacho publicado na passada quinta feira 5 de dezembro, é feito o anúncio que estão autorizadas 200 vagas para o 42º curso de formação de guardas. 

As celebrações da Solenidade da Imaculada Conceição decorrem em Vila Viçosa desde o passado dia 29 de novembro, e culminarão no dia 8 de dezembro, dia da padroeira de Portugal.

A Novena preparatória que tinha vindo a decorrer desde o início das celebrações, terminou na noite deste sábado (7 de dezembro), com a procissão de velas.

Centenas de fiéis participaram acompanharam a imagem de Nossa Senhora da Conceição, neste ato de fé que decorreu em volta das muralhas do castelo de Vila Viçosa e que terminou no santuário de Nossa Senhora da Conceição.

A Rádio Campanário acompanhou o momento e mostra-lhe algumas imagens:

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31