Comentário semanal do eurodeputado Carlos Zorrinho aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Publicado em Revista de Imprensa 01 outubro, 2019

O eurodeputado Carlos Zorrinho, eleito pelo PS, no seu comentário desta terça-feira, 1 de outubro, abordou aos microfones da Rádio Campanário algumas das manchetes da imprensa.

O eurodeputado começou por comentar os contratos que o governo de José Sócrates realizou com Hugo Chaves, e que se encontram sob suspeita. Carlos Zorrinho começa por referir que esta situação “mostra que a justiça está a funcionar, no entanto fico mais preocupado porque não temos conclusões à vista”.

Para o eurodeputado “os processos judiciais não chegam a conclusões porque vão surgindo mais e mais dados novos”, deixando a garantia de que “pelo menos sabemos que alguém está a investigar, e neste caso iremos saber se existiu mais algum comportamento incorreto”.

Questionado pela RC sobre o alargamento da prestação social a crianças e jovens até aos 18 anos que tenham uma deficiência igual ou superior a 60%, Carlos Zorrinho considera que “é muito importante pensarmos o porque de tantas boas medidas terem sido postas em prática nos últimos dois a três anos”.

O facto de “o país estar a crescer acima dos 3% consegue” permite “por em prática estas medidas”, considera o eurodeputado.

Para Carlos Zorrinho “o que distingue os partidos políticos é a forma como cobram os impostos para tomarem medidas justas”.

Naquilo que concerne a uma rejeição pelo Parlamento Europeu de comissários da Roménia e da Hungria, Carlos Zorrinho explica que “o parlamento europeu representa todos os cidadãos europeus e tem este papel de fiscalização”, acrescentando que “no caso que refere foi uma comissão que considerou que esses comissários tiveram atividades no passado que não os recomenda para o cargo”.

A questão de apenas 20% dos professores do ensino superior se encontrarem no topo da carreira é explicada pelo eurodeputado “com o congestionamento das carreiras”, lembrando que nas Universidades Portuguesas “as pessoas chegaram ao topo da carreira quando ainda eram relativamente novas, os quadros agora estão preenchidos”.

Veja também...

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31