07 Ago. 2022
 
De novo às 6
18:00-20:00

Comentário semanal do Eurodeputado João Pimenta Lopes, aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa Escrito por  29 Jun. 2022

 


Na revista de imprensa de hoje, dia 29 de junho, contámos com o habitual comentário do Eurodeputado do PCP, João Pimenta Lopes.

Foram abordados os temas: o Governo foi o maior alvo dos ciberataques depois da Banca e a realização da Conferência dos Oceanos em Portugal.

No que diz respeito ao primeiro tema, o Eurodeputado comunista começou por referir “esta é uma situação que merece atenção, em particular das autoridades nacionais que devem intervir sobre a questão procurando responsabilidades, mas também as respostas necessárias para garantir uma maior proteção dos dados das pessoas.”

Para o nosso comentador há, no entanto, uma questão que se coloca” para as autoridades poderem garantir esta segurança têm que ter os meios necessários disponíveis para o efeito” acrescentando ainda “e o que temos vindo a verificar é que tem existido ao longo do tempo um depalperamento das capacidades.”

Relativamente ao segundo tema, João Pimenta Lopes realçou “um evento com esta dimensão, só por si, é muito relevante para o nosso país.”

No que diz respeito aos oceanos, João Pimenta Lopes sublinha “é bom não esquecer que temos uma situação privilegiada pois temos a maior zona económica exclusiva da União Europeia e que poderá ser alargada até às 200 milhas ” não deixando contudo de referir “que posicionamento terá o país para um aproveitamento dos recursos que tem aí disponíveis.”

“Ao longo dos últimos 20 anos temos tido muitas comunicações, muitas estratégias em relação ao mar o que é certo em que tem existido uma ausência de ação prática no sentido do aproveitamento desses recursos, em áreas diversas como a pesca ou a recuperação do controlo soberano desses recursos mas também do ponto de vista da energia” acrescenta o comentador do PCP

Existe a expetativa de Portugal ser uma porta de entrada para a Europa mas isso implica investimentos .do ponto de vista dos portos, a recuperação do controlo público dois portos, a recuperação da capacidade do transporte marítimo mercante que Portugal perdeu, entre outro” acrescentou o Eurodeputado João Pimenta Lopes.

Para finalizar o nosso comentador referi “não vale a pena falar do potencial que temos se depois, as políticas que seguimos, como têm vindo a ser seguidas são contrárias aquilo que podemos aproveitar e retirar desse extenso mar que temos à nossa porta.”

 

Veja também...

Histórico de Notícias

« Agosto 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31