×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Comentário semanal do eurodeputado José Gusmão aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa 09 Abr. 2021

Na revista de imprensa de hoje, dia 9 de abril, foram vários os temas abordados pelo eurodeputado José Gusmão, tais como: a lei eleitoral autárquica; a proposta por parte do PS para as urnas estarem abertas durante mais uma hora e o voto confinado a idosos; a vacinação com  Astrazeneca e, por fim, a 2º fase de desconfinamento. 

José Gusmão refere que a alteração à lei eleitoral autárquica aconteceu por acordo entre os partidos, PS e PSD, "muito próximo às eleições autárquicas", sublinhando que é sempre de "mau princípio".  Dado que, "esta alteração à lei foi desenhada para prejudicar as listas de cidadãos, criando critérios absurdos, como o aumento do número de assinaturas e a obrigatoriedade de criar movimentos diferentes para as várias candidaturas às câmaras, assembleias, freguesias,etc". O nosso comentador menciona que é de "inviabilizar na prática a apresentação de listas de cidadãos". 

Quando questionado se será possível chegar a um consenso, José Gusmão acredita que sim, mas lamenta "pois a lei anterior era melhor neste ponto de vista". 

Sobre a proposta do PS em aumentar mais uma hora as votações nas urnas, o nosso comentador acredita que o objetivo "é de melhorar aspetos que permitam a participação do máximo de pessoas". 

Relativamente à situação com a vacina Astrazeneca, José Gusmão salienta que "não há nenhuma evidência científica que comprove a relação entre a vacina e os fenómenos tromboembólicos". Menciona que a vacina é segura, e que a incerteza das pessoas se deve às inseguranças das autoridades de sáude e à irresponsabilidade da comunicação social. 

Sobre o último tema, a 2º fase de desconfinamento e o nível de Rt - transmissibilidade - ser superior a 1, José Gusmão afirma que a subida de Rt era expectável "é a reação da dinâmica de contágio às medidas de desconfinamento". 

Finaliza a enaltecer que precisamos manter os números de novos casos dentro dos limites da capacidade de respostas de SNS. 

 

Veja também...

Histórico de Notícias

« Maio 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31