19 Out. 2021
Augusta Serrano
Ecos da Planura
09:00-11:00

Alentejo

Comentário semanal do eurodeputado Nuno Melo aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa 23 Set. 2021

Na Revista de Imprensa desta quinta-feira, dia 23 de setembro, contámos com o comentário do eurodeputado Nuno Melo, do CDS-PP.

Foram vários os temas abordados, nomeadamente a terceira fase de desconfinamento e as medidas de desconfinamento a anunciar pelo governo após a reunião do Conselho de Ministros, as declarações de António Costa referente ao encerramento da refinaria de Matosinhos e a forma como a Galp geriu todo o processo e por último a expetativa sobre a abstenção para as próximas eleições autárquicas de 2021, que se realizam no próximo domingo.

No que diz respeito ao primeiro tema, a terceira fase de desconfinamento e as medidas de desconfinamento a anunciar pelo governo após a reunião do Conselho de Ministros, o Eurodeputado Nuno Melo referiu “esperar um sinal bom e um sinal mau” acrescentando “em relação ao sinal mau, refiro-me a um aproveitamento que considero muito cínico de uma circunstância que é nacional por um primeiro ministro em campanha eleitoral.”

Nuno Melo refere ainda “há notícias que deviam ter sido dadas antes da campanha ou na segunda-feira depois das eleições autárquicas” acrescentando” o timing é escolhido agora porque temos um primeiro ministro que não resiste a usar causas que devem ser públicas e unir-nos a todos em benefício do PS e quem trabalhou para que tudo isto fosse possível, não é apenas o PS mas sim todos os partidos.”

Ainda sobre um possível anúncio de nova fase de desconfinamento Nuno Melo refere “ espero que saia um certo peso dos ombros das pessoas com restrições que já levam muito tempo mas espero também que percebam que a doença não está ainda vencida.

No que diz respeito ao segundo tema, as declarações de António Costa referente ao encerramento da refinaria de Matosinhos e a forma como a Galp geriu todo o processo, Nuno Melo disse “é mais um exemplo de um aproveitamento cínico para efeitos eleitorais porque não é preciso grande esforço para se perceber que em janeiro, o Ministro do ambiente, achou o encerramento da refinaria de Matosinhos uma coisa boa e disse que este era o caminho da descarbonização, sendo que os trabalhadores inevitavelmente perdiam os postos de trabalho e que o governo através do fundo de transição a que recorreria, seriam formados em novas capacitações laborais e reintegrados no mercado de trabalho.”

“Nada disto aconteceu”, referiu o Eurodeputado Nuno Melo referindo mais uma vez que “um primeiro ministro devia ter outra postura e outros cuidados.”

Por último e em relação ao terceiro e último ponto, As eleições autárquicas e a abstenção, Nuno Melo começa por dizer “nós estamos habituados a que normalmente a abstenção seja mais reduzida nas eleições autárquicas” acrescento “na minha opinião a adesão às urnas vai ser grande”

Quanto a possíveis resultados, Nuno Melo refere “o PS teve um resultado muito bom nas últimas autárquicas e por isso poderá perder algumas autarquias, mas nada muito radical.”

Veja também...

Histórico de Notícias

« Outubro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31