31 Jan. 2023
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Alentejo

Comentário semanal do Eurodeputado Nuno Melo aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa Escrito por  06 Out. 2022

Na Revista de Imprensa desta quinta-feira, dia 06 de outubro, contámos com o comentário do Eurodeputado Nuno Melo, do CDS-PP. Foram abordados os temas: Costa afasta recessão e já vê a inflação a cair a pique em 2023, discurso do PR nas comemorações do 5 de outubro onde passou a mensagem de que tem poderes para dissolver o parlamento e mais hospitais estão a falhar tempos de espera para consultas de saúde mental.

Relativamente ao primeiro tema o Eurodeputado do CDS-PP, Nuno Melo, começou por referir “eu desejo que o primeiro ministro tenha razão porque quero o meu país mas confesso-lhe que, estando neste momento em Estrasburgo, todo o discurso é o oposto mas se o primeiro ministro acha que Portugal não tem razões para se preocupar , que é quem manda nos destinos do País, ainda bem...desejo-lhe boa sorte.”

Nuno Melo acrescentou ainda “eu acho que vamos ter tempos muito difíceis porque o cenário da guerra está longe de terminar e este conflito dá origem a sanções que por sua afetam a economia mundial, os preços sobem, a inflação aumenta, o custo de vida começa a ser aflitivo “ o que segundo a sua opinião a realidade é preocupante.

No que diz respeito ao segundo tema, Nuno Melo começa por realçar “é difícil conhecer os insondáveis mistérios da complexa mente do nosso presidente da república mas é evidente que o PR tem essa faculdade, ainda assim esperemos que não haja motivo para usá-la.”

Para o eurodeputado “espero que apesar da desastrosa governação do PS não tenhamos motivo para irmos mais cedo às urnas mas se isso acontecer, o CDS-PP estará preparado para essas eleições.”

Por último, e em relação ao terceiro tema, Nuno Melo começa por referir “a saúde mental é um problema muito grave em Portugal e na Europa, problema agravado em tempos de pandemia e é um problema muito relevante para o qual o estado tem que dar resposta.”

Eu espero que o novo Ministro da Saúde tenha em relação isso qualquer resposta , não só para a saúde mental mas também para outras especialidades” concluiu Nuno Melo.

Veja também...

Histórico de Notícias

« Janeiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31