×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 64

Comentário semanal do eurodeputado Nuno Melo aos microfones da Rádio Campanário (c/som)

Revista de Imprensa 27 Fev. 2020

O eurodeputado Nuno Melo, eleito pelo CDS-PP, no seu comentário desta quinta-feira, dia 27 de fevereiro, abordou aos microfones da Rádio Campanário o processo do aeroporto do Montijo que pode voltar para a estaca zero, as injeções de dinheiro no Novo Banco e ainda o possível veto do Presidente da República na questão da eutanásia.

Sobre as questões do aeroporto do Montijo, Nuno Melo considera que “é inequívoco que começa a existir a necessidade de um novo aeroporto”, no entanto, “o novo aeroporto tem de obedecer a regras, e num país em que a componente ambiental é um dos fatores mais importantes, a mesma não pode ser descurada”.

O eurodeputado refere que “o aeroporto do Montijo está a ser imposto contra pareceres científicos”, o que é “um paradigma que repete várias ações de outros governos socialistas que destruíram joias da nossa coroa”.

Nuno Melo lembra os casos “do rio sabor que era o último rio selvagem da Europa, destruído por uma barragem, o Tua e a linha do Tua também destruídos para outra barragem e agora temos o Montijo que irá destruir partes do estuário”.

Para o eurodeputado “temos de aceitar o desenvolvimento da humanidade e o progresso, mas não pode ser ás custas do sacrifício daquilo que não volta a existir”.

Questionado pela RC sobre a possibilidade de o Aeroporto de Beja vir a ser a solução, Nuno Melo afirma que “o que se passa com o Aeroporto de Beja é simplesmente ridículo”, lembrando que “foram investidos milhões no aeroporto, que poderia servir o país, mas que está parado”.

O eurodeputado considera “absolutamente ridículo termos milhões investidos numa infraestrutura que não é utilizada”, referindo que “o Aeroporto de Beja é um caso que devia ser investigado”.

Para Nuno Melo “o Estado deve investir naquilo que dá retorno e não naquilo que dá prejuízo”, acrescentando que “se o poder político e as autoridades que gerem o Aeroporto de Beja fossem competentes e quisessem, a infraestrutura certamente que daria retorno”.

Naquilo que concerne a novas injeções de capital no Novo Banco, o eurodeputado refere que “eu juntaria o que se passa na banca com o absoluto descrédito de alguma justiça”.

Nuno Melo explica que “os contribuintes continuam a despender milhões para a banca, mas a verdade é que não temos uma única pessoa presa em todos os processos que motivaram o estado lastimoso a que a banca chegou”, lembrando que “os processos arrastam-se na justiça durante anos sem que sejam concluídos”.

O eurodeputado considera que “quando não confiamos no pilar justiça e investimos milhões em bancos falidos, o que damos a entender aos culpados é que não lhes vai acontecer nada, isto é absolutamente imoral e mostra um Estado a saque”.

Sobre questão do possível veto do Presidente da República às questões da eutanásia, Nuno Melo começa por referir que “o Presidente da Républica assume-se como um fervoroso católico, logo, não tem outra solução a não ser vetar a eutanásia”.

Na sua opinião, “a constituição da Assembleia da República traduz a vontade do povo, mas a eutanásia divide os próprios partidos, é uma matéria de consciência e não política”, acrescentando que “certamente que muitas das pessoas que votaram no PS não concordam com a eutanásia, da mesma maneira que muitos que votaram no PSD ou no CDS concordam com a medida”.

Para Nuno Melo “quando em causa temos a vida e a morte a matéria tem de ser referendada”, acrescentando que “os portugueses têm de ser chamados a falar se concordam ou não concordam, nenhum dos partidos está mandatado para falar pelos eleitores nesta matéria, porque a eutanásia não estava no programa dos partidos”.

O eurodeputado afirma que “a eutanásia resultou de um acordo entre o PS e BE para aprovar o Orçamento do Estado, é absolutamente perverso dar a vida humana como contrapartida".

Veja também...

Histórico de Notícias

« Novembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30