O protesto dos taxistas e a capacidade para capitalizar o Novo Banco, no comentário de Carlos Zorrinho no dia 11 outubro (c/som)

Revista de Imprensa 11 Out. 2016

O eurodeputado Carlos Zorrinho no seu comentário desta terça-feira, dia 11 de outubro, falou sobre o protesto dos taxistas que durante 18 horas protestaram junto ao aeroporto de Lisboa, bloqueando o trânsito até à rotunda do Relógio, e a capacidade para capitalizar o Novo Banco que ajudará a escolher comprador da instituição.

Sobre o protesto dos taxistas, Carlos Zorrinho referiu que “o Governo partiu para este processo de uma forma corajosa com uma proposta equilibrada e com uma grande abertura para poder ouvir os dois lados para poder corrigir, melhorar, e é esse bom senso que tem que imperar (…)”.

Relativamente à capitalizar o Novo Banco que ajudará a escolher comprador da instituição, o eurodeputado expressa que “é razoável, o Novo Banco, com o seu novo presidente, José Ramalho, que está a fazer um caminho que aparentemente me parece bastante solido e o que é importante é que os contribuintes não coloquem dinheiro que depois não seja recuperado como já aconteceu também no Novo Banco e noutros bancos e que acabam por pagar os problemas e os empregados da banca (…)”.

  

 

     

 

Veja também...

Histórico de Notícias

« Abril 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30