O programa "de Caras" de 27 de novembro (c/som)

Publicado em Tauromaquia 28 novembro, 2018

O segundo programa tauromáquico “de Caras” da Rádio Campanário, conduzido por Miguel Ortega Cláudio na passada terça-feira, dia 27 de novembro, apresentou a síntese seguinte:

Bernardo Patinhas falou da vida e da morte de dois toiros célebres indultados. O Orgullito de Justo Hernández, ganadaria Garcigrande, na passada Feira de Sevilla por Julian López El Juli, recentemente morto por outro irmão na ganadaria. Também nos falou do toiro Fantasma de Henrique Fraga indultado por Diego Ventura na Praça México e da sua importância para Festa dos toiros naquele país.

Ester Tereno, fez uma crónica dos últimos acontecimentos, taurinos versus Anti Taurinos, falando das suas vivências e dos insultos sofridos por parte dos que não entendem a festa dos toiros.

Diogo Cancio, falou sobre a Defesa da Tauromaquia, incindindo em duas vertentes:

Comunicação e Promoção: para dentro e para o grande público.

Qualidade do espectáculo: através da emoção dada pelo "verdadeiro" toiro e da criação de cartéis com argumento e sentido.

Pedro Guerreiro falou sobre a actualidade do momento. O estado de saúde em que se encontra o Mestre Joaquim Bastinhas, da morte inesperada do apoderado Francisco Penedo. Também abordou o tema da problemática da Praça de Toiros da Moita. As novas empresas de Santarém, Évora e Nazaré também foram analisadas.

O convidado desta semana foi o Dr. Luis Capucha, que espantou pela sua contundência ao falar da importância da Festa na nossa sociedade, na nossa cultura. Explicando por A+B a incompetência dos anti taurinos e da corte/cerco que os mesmos fizeram à Sra Ministra da Cultura.