Serpa

Cante Fest assinala cinco anos da elevação do Cante a Património Imaterial da Humanidade em Serpa

foto ilustrativa foto ilustrativa
Agenda Cultural 19 Nov. 2019

De 22 a 27 de novembro realiza-se o CanteFest, que comemora em 2019 os cinco anos da elevação a Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO.  A celebração contará com muito Cante, acompanhado por petiscos e vinhos, a apresentação de livros e projetos, debates, exposição temática e entrega de medalhas.

A grande novidade do Cante Fest deste ano é o seu alargamento a várias localidades do concelho, nomeadamente as que têm no ativo grupos corais, com a realização de rotas do Cante. A-do-Pinto, Pias, Serpa, Vale de Vargo, Vales Mortos, Vila Nova de São Bento e Vila Verde de Ficalho são as localidades onde o Cante se fará ouvir no sábado, dia 23 de novembro.

Também o Centro Histórico de Serpa recebe a já famosa Rota do Cante, cuja primeira edição, em 2018, foi um sucesso. Este ano, a Rota que acontece no domingo, dia 24, conta com a participação de 14 grupos, locais e convidados. Inicia-se no edifício dos Paços do Concelho, passa por vários estabelecimentos comerciais e termina no Espaço Wasabi (Largo Conde de Ficalho).

Cancioneiro apresentado em Lisboa

No dia 22, em Lisboa, terá lugar a apresentação do “Cancioneiro de Serpa”, na Livraria Férin, acompanhada pelo Rancho Coral e Etnográfico de Vila Nova de São Bento, grupo que também participa no “Festival Super Bock em Stock”, no mesmo dia, na Casa do Alentejo.

Exposição “Descante”

No dia 23 as comemorações voltam a Serpa, na Casa do Cante, com a abertura da exposição “Descante”. Com uma organização da Associação “Fora da Gaveta”, “Descante” é uma homenagem ao Cante Alentejano e pretende celebrar o 5.º aniversário da inscrição desta prática na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. Tem um conceito multifacetado onde estão representadas várias áreas e conta com a participação de diversos artistas nacionais e internacionais. O principal conceito foi desafiar os artistas a desconstruir o Cante Alentejano, através de uma visão diferente do habitual e é constituído por documentário, cartoon, gravura, escrita, ilustração, pintura, cerâmica, serigrafia, fotografia, escultura, vídeo, som, música e, claro, cante alentejano.

No dia 25, a Casa do Cante recebe a apresentação do Museu / Centro Interpretativo do Cante, bem como um colóquio sobre Cante, no âmbito da relação entre a tradição e o turismo, e no dia 26, será palco para a apresentação do relatório do Plano de Salvaguarda do Cante para a UNESCO, e um debate sobre o que mudou nos cinco anos de Património da Humanidade do Cante.

No último dia das celebrações, 27, o Cineteatro Municipal de Serpa acolhe, pelas 18.00 horas, a cerimónia oficial da comemoração do 5.º aniversário da Inscrição do Cante Alentejano na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade, da UNESCO. Seguir-se-á a entrega de medalhas aos grupos corais signatários da candidatura do Cante Alentejano a Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. A noite encerra com um concerto pelos grupos corais do concelho e o pianista Ariel Rodriguez, com direção de Armando Torrão.

Programação

22 novembro (sexta-feira), Lisboa

17.00 horas — Apresentação do Cancioneiro de Serpa e interpretação de Cante, na Livraria Ferin com a participação do Rancho Coral e Etnográfico de Vila Nova de São Bento

21.00 horas — Interpretação de Cante pelo Rancho Coral e Etnográfico de Vila Nova de São Bento, integrada no “Festival Super Bock em Stock”, na Casa do Alentejo

23 novembro (sábado), Concelho de Serpa

10.00-20.00 horas — Rota do Cante no Concelho (onze grupos do concelho a cantar em Serpa, Vales Mortos, Vila Nova de São Bento, Pias, Vila Verde de Ficalho e Vale de Vargo)

17.00 horas — Abertura da exposição “Descante”, na Casa do Cante, com interpretação de Cante a cargo do Grupo Coral “Os Ganhões” de Castro Verde

24 novembro (domingo), Serpa

14.00-20.00 horas — Rota do Cante no Centro Histórico de Serpa (14 grupos corais, do concelho e convidados). Com início marcado para os Paços do Concelho, com passagem por vários estabelecimentos comerciais, e final no espaço Wasabi.

25 novembro (segunda-feira), Casa do Cante

18.00 horas — Apresentação do Museu / Centro Interpretativo do Cante

                        — Colóquio: Cante, entre a tradição e o turismo

26 novembro (terça-feira), Casa do Cante

18.00 horas  — Apresentação do relatório do Plano de Salvaguarda do Cante para a UNESCO

                       — Debate: Cinco anos após inscrição do Cante na UNESCO — o que mudou?

27 novembro (quarta-feira), Cineteatro Municipal de Serpa

18.00 horas — Cerimónia oficial da comemoração do 5.º aniversário da Inscrição do Cante Alentejano na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade, da UNESCO

         — Entrega de medalhas comemorativas aos grupos corais signatários da candidatura do Cante Alentejano a Património Cultural Imaterial da Humanidade, da UNESCO.

                       — Espetáculo de Cante Alentejano com a participação de grupos corais do concelho de Serpa  

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31