Alentejo

8 infraestruturas desportivas no Alentejo serão renovadas ao abrigo do Programa de Reabilitação de Infraestruturas Desportivas

Imagem Ilustrativa Imagem Ilustrativa
Desporto 22 Set. 2020

Oito infraestruturas desportivas no Alentejo serão renovadas ao abrigo da edição de 2020 do Programa de Reabilitação de Infraestruturas Desportivas (PRID), num total de mais de 100 infraestruturas desportivas a nível nacional.

De acordo com nota envidada pelo Ministério da Educação, a lista dos espaços que serão alvo de intervenções resulta de um número significativo de candidaturas que, de ano para ano, tem vindo a aumentar, atestando a relevância deste programa.

O PRID foi lançado em 2017 pelo Governo, dada a inexistência de planos/fontes de financiamento destinadas à requalificação de infraestruturas desportivas, bem como a inexistência de fundos comunitários aos quais clubes e associações se possam candidatar, no atual quadro financeiro de apoio.

Nesta quarta edição, foram alocados mais de 2 milhões de euros (que devem ser majorados com investimento local), distribuídos de norte a sul do país. A região Norte verá 25 infraestruturas reabilitadas ao abrigo do PRID 2020, o Centro, 26; Lisboa e Vale do Tejo, 30; Alentejo, 8; e o Algarve, 9.

As oito candidaturas aprovadas no Alentejo são: Conservação das infraestruturas do Moura Atlético Clube; Beneficiação interior/exterior dos balneários e arrecadação do Campo de Futebol de Albernoa (Beja); Beneficiação das infraestruturas no Complexo Desportivo de S. João de Negrilhos (Aljustrel); Reabilitação e ampliação das instalações de apoio do campo desportivo de Aldeia dos Fernandes (Almodôvar); Substituição do relvado sintético no Campo de Futebol Virgílio Durão (Reguengos de Monsaraz), Substituição do relvado sintético no campo de futebol do Parque Desportivo de Borba; Conservação do polidesportivo da Alameda 25 de Abril, em Gavião; Remodelação e requalificação das infraestruturas desportivas do Sport Nisa e Benfica. Estas oito candidaturas alentejanas aprovadas terão a comparticipação financeira do IPDJ no total de 220 mil euros.

As despesas elegíveis abrangem intervenções diversificadas, designadamente nas seguintes áreas:

  • Adaptação e melhoramento das acessibilidades para mobilidade reduzida;
  • Balneários e espaços sanitários;
  • Eficiência energética (painéis solares, iluminação LED, entre outras);
  • Remoção de amianto;
  • Pisos desportivos;
  • Coberturas, muros e bancadas;
  • Ampliação de valências existentes.

As quatro edições do PRID envolvem a reabilitação de cerca de quatro centenas de infraestruturas desportivas, num investimento global de mais de 20 milhões de euros, financiando o Governo, através do IPDJ, cerca de 7 milhões de euros.

 

Pode consultar a lista aqui

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31