Alandroal

“A falta de resposta no mercado levou a que muitos concursos ficassem desertos em 2020”, diz Pres. Alandroal (c/som)

“A falta de resposta no mercado levou a que muitos concursos ficassem desertos em 2020”, diz Pres. Alandroal (c/som) Foto: Tribuna Alentejo
Entrevistas 31 Dez. 2020

O município do Alandroal teve diversos concursos em 2020 de projetos e que não tiveram concorrentes.

Em entrevista exclusiva à RC o presidente do município, João Grilo, afirma que “a nível de projetos municipais diria que, felizmente, por um lado não terá sido a pandemia a limitar a nossa atuação, embora haja sempre alguns atrasos de procedimentos e respostas”.

O autarca refere que “os grandes atrasos que sofremos foi devido às próprias respostas do mercado. Tivemos concursos lançados que não tiveram concorrentes. É um problema que já vinha de trás, pode ter-se agravado nesta situação porque as empresas também têm dificuldade e, portanto, os nossos projetos que ficaram mais para trás foi sobretudo devido a falta de concorrentes e estamos a lançar novamente os concursos”.

Questionado sobre quais os projetos que ficaram desertos, João Grilo refere o concurso da Praia das Azenhas d’El Rei, a quarta fase da Melhoria da Mobilidade Urbana e Segurança Rodoviária no concelho, os Centros de Acolhimento ao Visitante de Juromenha e Terena e o Centro Comunitário do Alandroal e a Biblioteca, que ficou deserto por duas vezes.

Por fim, o edil explica que quando os concursos ficam desertos há sempre a necessidade de “alterar alguma coisa”, pois tem de se “perceber o porquê de ninguém demonstrar interesse”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31