×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 64

Alandroal

Alandroal: “Luz ao fundo do túnel” para construção do novo Pavilhão Gimnodesportivo. Concurso é lançado no final do ano (C/SOM)

Entrevistas 18 Out. 2020

Tomé Laranjinho, Diretor do Agrupamento de Escolas de Alandroal falou à Rádio Campanário, à margem da visita realizada à Escola Básica Diogo Lopes de Sequeira, sobre a conclusão das obras daquela escola, que consiste na construção de um novo pavilhão gimnodesportivo e de um novo bloco de pré-escolar. Este é um processo que se arrasta há mais de 10 anos, quando as obras em curso foram interrompidas em 2009.

O diretor contou que mudaram para aquele espaço em fevereiro de 2009 “e passado pouco tempo a firma construtora que tinha a obra na altura abandonou-a”.

Tomé Laranjinho explicou ainda que em 2011, o Conselho Geral do Agrupamento decidiu suspender as atividades no antigo Pavilhão Gimnodesportivo, “uma vez que o pavilhão não tinha condições para a prática da educação física”. O docente referiu que foi feita uma intervenção nos balneários, pois “temos um campo exterior que tem condições, que foi construído de novo em 2009 e quando o tempo permite, utilizamos esse campo”.

O diretor do Agrupamento de Escolas salientou ainda que “temos lutado, com os diferentes autarcas, com o Ministério da Educação e com os diferentes Governos” para que esta situação seja resolvida “e parece que há uma luz ao fundo do túnel”. Segundo Tomé Laranjinho, “essa luz será, possivelmente, a 31 de dezembro deste ano, quando será lançado o concurso público” e prevê que “a obra iniciar-se-á em 2021 e será concluída em 2022. O investimento será por volta dos 2 milhões de euros, não só para o pavilhão, mas para o resto dos arranjos exteriores e para a construção de um Jardim de Infância no Alandroal”. Recorde-se que o ensino pré-escolar funciona atualmente, de forma provisória, nos antigos lavadouros municipais.

O docente sublinha que aquele espaço onde funciona o Jardim de Infância “não tem as mínimas condições. Agora a sala de confinamento é uma casa de banho e se for necessário utilizá-la, ficamos só com uma casa de banho para meninos e para meninas. Não tem o mínimo de condições e será feito aqui um jardim de infância novo no espaço que está por construir”.

Tomé Laranjinho espera agora que “haja quem pegue no projeto. Este terreno é difícil, com crocas e as fundações têm de ser feitas em vigas flutuantes. O projeto existe, os estudos geológicos existem, quem pegar na obra espero que a conclua”.

Recorde-se que no passado dia 1 de julho, o Município de Alandroal e o Ministério da Educação assinaram o acordo de colaboração para a conclusão da obra da Escola Básica Diogo Lopes de Sequeira. A intervenção consiste na construção de um novo pavilhão gimnodesportivo que sirva a comunidade escolar e a restante comunidade a construção de um novo bloco de pré-escolar e ainda todos os arranjos exteriores associados a estas duas componentes.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31