15 Dez. 2019
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Amaro Camões denuncia diretores e famílias de fazerem viagens ao estrangeiro com dinheiros da Associação de Futebol de Évora (c/som)

Entrevistas 30 Mar. 2015

O presidente da Associação de Futebol de Évora (AFE), Amaro Camões pediu a renúncia ao cargo, a poucas horas da Assembleia Geral da associação, onde é proposto a destituição do presidente da AFE.

Em entrevista exclusiva à Rádio Campanário, Amaro Camões denuncia situações graves de suposta usurpação de dinheiros da associação em prol de viagens a Cabo Verde de diretores e familiares, e onde se inclui o próprio presidente.

Amaro Camões nas declarações que proferiu à Rádio Campanário conta a história de uma viagem a Cabo Verde, de diretores e familiares, tendo sido a Associação de Futebol de Évora a arcar com as despesas.

Camões diz que foram para Cabo Verde “claramente à conta da associação”.

Relativamente à fatura da viagem, Amaro Camões diz que “quando eu comecei a ver a fatura paga, pronta nas contas, quando fui ver dela outra vez, já não existia, nem sei onde está”, reafirmando, “teve que ser paga (pela associação), não foi paga por mais ninguém, há quatro cheques assinados por três diretores para essas despesas”.

Questionado, sobre o fato de o próprio Amaro Camões ter assinado um dos cheques e sabendo que esses cheques não pagariam serviços da associação, justifica-se, “nós temos confiança num grupo, quando um grupo se desmancha…todos os que fomos estava pago, e foi por nós (Associação de Futebol de Évora).

Instado sobre o porque de só agora pedir a renuncia do cargo a poucas horas da Assembleia Geral que tinha como ponto único a sua destituição, e se concordava com as clausulas que fundamentaram o pedido de destituição por parte da assembleia, Amaro Camões paraboliza, “então queria que faça como, que volte para trás e espere que me deiam um par de nalgadas, o que é verdade é que com isto não saíram, fui eu que andei a negociar a aprovação das contas e ainda não saíram e eu pergunto, porquê?”, referindo,“uma coisa é porem-me na rua, e a outra é eu sair”.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31