Elvas

Elvas: “Se surgir casos positivos na PSP, vamos por o Plano de Contingência em marcha, mas continuaremos a garantir a segurança dos elvenses”, assegura Cmdt. da PSP de Elvas (C/SOM)

Entrevistas 23 Set. 2020

Esta quarta-feira, dia 23 de agosto, os Ministros da Administração Interna e da Educação, Eduardo Cabrita e Tiago Brandão Rodrigues, respetivamente, estiveram no Alto Alentejo, em Elvas e Arronches, onde acompanharam as ações de sensibilização que as Forças de Segurança (PSP e GNR) estão a desenvolver em meio escolar, ao abrigo do Programa Escola Segura.

A Rádio Campanário esteve na Escola Básica nº 2 de Elvas, onde os dois Governantes puderam observar os trabalhos de proximidade que a PSP está a desenvolver com as comunidades educativas daquela cidade, para a promoção de boas práticas e para o necessário cumprimento de regras sanitárias e de segurança, tendo em conta a situação epidemiológica atual provocada pela COVID-19.

Em declarações à Rádio Campanário, o comissário Rui Massaneiro, Comandante da Esquadra de Elvas da PSP, referiu que na cidade de Elvas “o Programa Escola Segura do ano letivo 2020/2021 não começou só na semana passada, aquando da abertura dos diferentes Agrupamentos Escolares da cidade. A Esquadra da PSP de Elvas, no âmbito do modelo integrado de policiamento de proximidade, efetuou anteriormente a abertura do ano letivo, reuniões com os diferentes Agrupamentos. Nessas reuniões, foram sendo trabalhadas as «linhas mestras» do programa do início do ano letivo”.

O Comandante da PSP de Elvas salienta que “é uma abertura do ano letivo escolar um pouco diferente do habitual, face ao contexto da pandemia que vivemos atualmente” e que, “com base nessa situação, a PSP está numa primeira vertente, em diferentes ações de sensibilização junto da comunidade escolar, quer com os alunos, pais e encarregados de educação, quer com professores e assistentes operacionais, e depois também fora da escola iremos realizar mais campanhas de sensibilização e também de fiscalização, para que sejam cumpridas as regras emitidas pela DGS e as que estão previstas na resolução do Conselho de Ministros, que declara o período de contingência em Portugal” garantindo que  “a PSP, sendo uma força de segurança pró-ativa, vai continuar a desenvolver o seu trabalho, garantindo a segurança, mesmo em tempo de pandemia, dentro e fora da comunidade escolar”.

A COVID-19 tem também atingido as Forças de Segurança, sendo o caso mais recente no Alentejo os seis militares da GNR infetados no Comando Territorial de Évora. Na Esquadra da PSP de Elvas não foi ainda registado nenhum caso de infeção, mas o Comissário Rui Massaneiro assegurou que desde o início da pandemia “todas as Subunidades Operacionais e Policiais da PSP têm um Plano de Contingência” e que “esse Plano de Contingência está perfeitamente ajustado ao efetivo policial da Divisão da PSP de Elvas e caso haja algum caso positivo, iremos por o Plano em marcha e haverá uma restruturação dos elementos do efetivo operacional e conseguimos, com este Plano de Contingência aprovado, continuar a garantir a segurança e a tranquilidade de todos os cidadãos, incluindo os turistas e os trabalhadores que se deslocam á cidade de Elvas”.

A nossa estação emissora questionou o Comandante da Esquadra de Elvas da PSP se já recebeu alguma queixa de encarregados de educação pelo facto de nas salas de aula continuarem sentados dois alunos por cadeira, à semelhança de outros casos conhecidos como na Escola Básica Santa Clara, em Évora. O Comissário Rui Massaneiro respondeu que “temos constatado que existe distancia mínima dentro das escolas e não temos verificado essa situação. Mas se acontecer, terá de ser a escola em questão a rever esse plano, onde a PSP atuará de forma pró-ativamente, no sentido de tentar resolver essa situação e os alunos ficarem distanciados, de acordo com as normas”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31