×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Estremoz

Estremoz: Mestre Véstias há 50 anos na Arte da Cantaria que diz: "estar em vias de extinção" (c/som e fotos)

Entrevistas 26 Abr. 2021

Estivemos à conversa com o Mestre Manuel Véstias na sua cantaria em Estremoz.

São quase 50 anos dedicados a esta arte, da qual faz vida esculpindo no mármore verdadeiras obras primas.

Tirou o curso de canteiro na Escola Industrial e Comercial de Estremoz em 1967, depois foi trabalhar para uma cantaria, até ser chamado para a tropa e servir a pátria no Ultramar.

Quando regressou em 1975 estabelceu-se como canteiro por conta própria até aos dias de hoje onde trabalha esta arte nesta cantaria propriedade do própria.,

Desde então, há 46 anos a esta parte, tem feito vida desta arte de cantaria, esculpindo em mármore muitas peças de imagens religiosas, sobretudo, como " é o que tem mais procura" mas também fazendo qualquer trabalho de escultura por encomenda.

Diz Mestre Vestias "vai dando para viver desta arte embora agora a coisa está mais tremida devido à pabdemia, estando neste momento a trabalhar para a estante" segundo palavras do próprio, não havendo encomendas.

Segundo palavras do Mestre Véstias " tem de se gostar e ter amor a esta arte para se chegar a conseguir este ponto de perfeição, o problema é que não há quem dei continuidade porque neste momento sou o único.

 

 

 

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31