×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Irmãs do Amor de Deus celebram Mês Azul. A RC foi conhecer a sua missão em V. Viçosa onde se “respira” Amor(c/som)

Entrevistas 27 Abr. 2021

A congregação religiosa Irmãs do Amor de Deus foi criada em 1864 pelo Padre Jerónimo Usera para desenvolver a missão educativa com pessoas que queiram servir a Deus gratuitamente.

Esta congregação tem como objetivo principal educar e formar integralmente as crianças e jovens, estando presente em escolas, lares juvenis e comunidades de inserção cristã.

Em Vila Viçosa, esta congregação desenvolve a sua missão na Casa de acolhimento residencial, mais conhecida por Lar Juvenil.

A Rádio Campanário esteve à conversa com a Irmã Judite Fernandes, uma das Irmãs do Amor de Deus que nos falou um pouco da história desta congregação assim como a sua missão em Vila Viçosa.

Nesta conversa, a Irmã Judite Fernandes começou por nos explicar que a missão desta congregação em Vila Viçosa passa por "acolherem crianças que, por circunstâncias várias, não tiveram a possibilidade de crescer no seio natural de vida, sendo o Lar Juvenil quem substitui a família."

Cuidar destas crianças, segundo a Irmã Judite Fernandes, é uma tarefa simples mas ao mesmo tempo transcendente, uma vez que o dia a dia é desenvolvido com as tarefas simples e básicas que passam por dar um biberão, por mudar uma fralda, por abraçar quando chegam da escola; e transcendente porque “estamos a ajudar a crescer gente”, refere a Irmã Judite.

A Congregação das Irmãs do Amor de Deus, anualmente, nesta época do ano, celebram o mês azul., no período de 27 de abril, data da fundação da congregação, até dia 17 de maio, dia da morte do seu fundador.

A Irmã Judite Fernandes explicou à Rádio Campanário em que consistem estas celebrações e quais iniciativas previstas para Vila Viçosa, onde a base consiste na celebração do fundador e a vivência do carisma.

Judite Fernandes está em Vila Viçosa desde outubro de 2020 e chegou em contexto de pandemia. Ainda assim, segundo a própria, deparou-se com um trabalho ótimo, devidamente preparado, independentemente do que viesse a acontecer, realçando que todos os responsáveis por estas crianças, tudo têm feito para que elas não se sintam presas e possam viver, dentro das devidas precauções, dentro da normalidade.

Nesta casa, atualmente, estão 12 crianças, dos 2 aos 17 anos de idade.

Diana Lourinho é uma delas. Tem 17 anos e reside neste lar desde os seus seis anos. Questionada como tem sido esta experiência, rapidamente nos disse que "não se trata de uma experiência mas sim de uma vivência" sublinhando que a sua vida é fantástica “as irmãs ocupam o lugar que nós nuca tivemos ocupado e do qual nunca sentimos falta, porque as irmãs estão lá sempre” realçando que concorda com a expressão “Mãe é quem cria “.

Diana está a preparar o seu futuro mas diz, sem receios que não se sente muito bem pois vê nas Irmãs do amor de Deus, “o seu porto seguro , não imaginando a sua vida sem elas”.

A Rádio Campanário falou ainda com Cátia Alegrias Dias, Psicóloga de formação e que desde 2008, juntamente com as Irmãs da Congregação do amor de Deus, desenvolve esta nobre missão de cuidar destas crianças.

Para esta Psicóloga, o seu trabalho "vai muito além do acompanhamento psicológico necessário olhando para as suas funções como um desafio pois na realidade o objetivo principal é voltar a dar-lhes esperança", ao mesmo tempo que se desenvolvem todas as tarefas do dia a dia.

Questionada como tem sido trabalhar com as irmãs desta congregação, Cátia Dias refere que "tem sido uma aprendizagem constante e que, seguindo o lema desta congregação que tem como base o amor, consegue chegar-se a todo o lado."

Terminámos esta entrevista questionando a Irmã Judite se, no final de cada dia, quando chega a hora do descanso, o sentimento de amor nesta missão pesa mais do que qualquer cansaço físico resultante de cuidar de 12 crianças, ao que, de forma peremptória nos respondeu “ao sentir que todas as crianças estão em tranquilidade, sinto uma paz que me deixa o coração pleno com a sensação de missão cumprida” deixando um profundo agradecimento, de forma muito emocionada, a toda a população de Vila Viçosa pelo exemplo de solidariedade e por estarem sempre prontos a ajudar.”

A congregação do amor de Deus, presente em 18 países,  celebra este ano 157 anos ao serviço do próximo.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31