Imprimir esta página

Estremoz

“Os estremocenses estão a acatar as ordens da DGS, mas com os novos casos no Alentejo estamos sempre à espera de uma má notícia” diz presidente de Estremoz (c/som)

Entrevistas 08 Jul. 2020

Em março deste ano a pandemia da COVID-19 fez com que Portugal fosse submetido a um período de confinamento de forma a evitar a propagação do vírus.

Dois meses depois, em maio, começou a fazer-se o desconfinamento e a retoma gradual das rotinas.

Em declarações à RC, o presidente do município de Estremoz, Francisco Ramos, afirma que na cidade o desconfinamento “está a correr muito bem, mas estamos sempre à espera de uma notícia”.

O autarca garante que a população estremocense tem “acatado as orientações da Direção-Geral de Saúde”.

Se os estremocenses continuarem a cumprir as normas de segurança como de uso de máscaras, o distanciamento social e a higienização das mãos, Francisco Ramos acredita que “se houverem casos em Estremoz, serão passageiros”.