×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Pandemia atrasa candidatura: Filarmónicas a Património Cultural Imaterial da Humanidade (c/som)

Entrevistas 02 Fev. 2021

O INATEL e a Câmara Municipal de Alcácer do Sal têm em curso uma candidatura das Bandas Filarmónicas Portuguesas a Património Cultural Imaterial Humanidade para submeter à UNESCO.

O projeto arrancou o ano passado, mas a Pandemia veio atrasar todos os trabalhos de investigação e inventariação das Bandas.

No Alentejo, serão mais de meia centena os agrupamentos musicais que concorrem para esta classificação, várias centenas de músicos, conta o antropólogo Paulo Lima, um dos investigadores da candidatura.

O trabalho está suspenso, a COVID 19 tem impedido a visita a todas as Filarmónicas e o investigador teme o impacto da pandemia no funcionamento e manutenção das Bandas, acrescenta que não há serviços, aulas e ensaios há mais de um ano, situação muito preocupante para o setor.

Uma atividade importante, a dignificar por esta candidatura, pois estamos a um universo riquíssimo no país inteiro, como avançou Paulo Lima, no Programa Raízes do Alentejo, na Rádio Campanário.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28