Vila Vicosa

Vila Viçosa: Delegado de Saúde responde ao caso de mãe infetada dizendo “foi a minha opinião” (c/som)

Entrevistas 14 Nov. 2020

Como a RC noticiou, Nathaly Ribeiro, testou positivo à COVID-19 no passado dia 07 de novembro. Após este resultado, a sua filha, de três anos, foi testada e deu negativo e uma amiga, com quem vive, foi também testada e o resultado foi também positivo, sendo que a filha desta, de dois anos, não foi testada.

A filha de Nathaly Ribeiro foi testada na quinta-feira tendo tido um resultado negativo, porém afirma que a criança está agora “com sintomas leves”. Após estes sintomas o delegado de saúde quis que a criança fosse ao hospital, mas sem a possibilidade de acompanhamento por parte da mãe, o que levou a que Nathaly se recusasse a deixar a criança ir, pois como referiu à RC: “ela vai fazer um exame evasivo e é muito pequena para estar com um desconhecido, tem de estar comigo, até porque sou a única família que tem e a única responsável por ela no país”.

A Rádio Campanário contactou o delegado de saúde de Vila Viçosa, Manuel Galego, que referiu não poder falar sobre a situação.

No entanto, questionado sobre a deslocação das forças de segurança à habitação de Nathaly Ribeiro para levarem a menina ao hospital, diz apenas que “foi a minha opinião”.

A RC questionou o delegado de saúde sobre a possibilidade da deslocação da criança ao hospital acompanhada pela mãe cumprindo todas as medidas de segurança, visto esta estar positiva à COVID-19, porém o mesmo desligou a chamada, não dando qualquer resposta à nossa estação emissora.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31