PSP

147 anos da PSP de Évora: "Ser polícia é pôr mais alto a cidadania", diz Inspetor Nacional, Pedro Clemente (c/ som e fotos)

 Pedro Clemente, Inspetor Nacional da PSP. Pedro Clemente, Inspetor Nacional da PSP. Foto: Rádio Campanário
Regional Escrito por  01 Ago. 2022

O Pavilhão A, do Parque de Feiras e Exposições de Estremoz, recebeu, ao final da manhã desta segunda-feira, as cerimónias do 147.º aniversário do Comando Distrital de Évora da Polícia de Segurança Pública. A Rádio Campanário esteve presente, numa cerimónia que contou com figuras de relevo não só das forças policiais da região, mas também das áreas da política, da banca e da justiça.

"Ser Poeta É", de Florbela Espanca, foi o mote para o Inspetor Nacional da PSP, Pedro Clemente, que presidiu estas cerimónias, começar uma intervenção para vangloriar o trabalho da PSP ao serviço do distrito. Para o Superintendente-Chefe, os resultados alcançados, em termos operacionais, pelo Comando Distrital de Évora, no ano anterior com a redução da taxa criminalidade a cair para 7,9%, refletem o espírito de missão dos homens e mulheres que, diariamente, vestem a farda da PSP.

"Heróicos" é o adjetivo que a Direção Nacional da PSP utiliza para caracterizar o esforço de todos os que prestam serviço no Comando Distrital da PSP de Évora durante o período de Pandemia. 

"Ser polícia é pôr mais alto a cidadania".

Nesta cerimónia, foram atribuídas condecorações a diferentes polícias. Assim, foram condecorados com medalha de assiduidade, de três estrelas, os agentes principais José Aniceto, Jorge Coelho e José Tá-tá e, com duas estrelas, o agente principal, Luís Capucho. Com medalha de ouro, referente a comportamento exemplar, foram condecorados a chefe, Edite Dinis, e os agentes principais José Lopes e Paulo Pinheiro. Com o grau prata, foi distinguido o comportamento e a conduta dos agentes Nelson Barroso, Paulo Costa e José Gorjão.

Foram, ainda, entregues diplomas de louvor por atos, particularmente, relevantes praticados pelo chefe principal, Francisco Fialho, chefe José Mira e agente principal, Luís Capucho. Pelos seus atos de especial relevo efetuados no cumprimento do serviço público, recebeu um elogio o agente principal, Paulo Moitas.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2023 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31