Estremoz

40 socorristas da CVP juraram Compromisso de Honra, "5 integram as fileiras da CVP de Estremoz", diz pres. delegação (c/som)

Regional 21 Out. 2019

No passado sábado, 19 de outubro, 40 socorristas fizeram o Juramento de Compromisso de Honra da Cruz Vermelha Portuguesa, numa cerimónia que decorreu em Portalegre.

Dos 40 novos socorristas, 29 vão reforçar as fileiras da instituição na delegação de Portalegre, 5 da delegação de Estremoz e 7 na delegação de Elvas.

Presente na cerimónia de Compromisso de Honra da Cruz Vermelha Portuguesa, a Rádio Campanário falou com Rosália Cardonha, presidente da Delegação da Cruz Vermelha Portuguesa de Estremoz e coordenadora local de emergência, que nos explica que “neste momento juraram compromisso de honra 5 voluntários de Estremoz”.

A presidente da Delegação de Estremoz refere que “todos eles já integravam a estrutura de emergência”, após o juramento “um dos elementos é o coordenador local de emergência”, dos restantes 4 elementos “2 têm formação de chefes de equipa, e os restantes são operacionais”.

“Um dos princípios fundamentais da CVP é o voluntariado”
Rosália Cardonha

Rosália Cardonha considera que “o voluntariado é de extrema importância, seja no contexto de um voluntário que apenas integra a estrutura nos seus tempos livres, seja dos seus profissionais”.

A coordenadora local de Estremoz considera que “qualquer profissional da CVP tem obrigatoriamente de ser voluntário”, acrescentando que “faz parte de estar uma instituição humanitária”.

O facto de todos os profissionais da CVP terem de ser voluntários “é importante pois exige que não seja qualquer profissional que entre”, Rosália Cardonha refere ainda que “pelos valores da CVP qualquer um de nós tem de dar um bocadinho do seu tempo”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30