Arraiolos

“A Assembleia da República aprova, mas depois o Governo não executa”, aponta autarca sobre criação do Centro do Tapete de Arraiolos (c/som)

Regional 31 Out. 2018

A Câmara Municipal de Arraiolos aguarda desde 2002 pela aprovação por parte do Governo, dos estatutos para a criação do Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos.

Passados 16 anos, “não houve qualquer avanço”, aponta Sílvia Pinto, presidente da Câmara Municipal de Arraiolos, em declarações à RC.

“A proposta de criação deste centro foi aprovada por unanimidade na Assembleia da República” em 2002, assim como a recomendação de retorno do processo apresentada “há cerca de ano e meio”, aponta a autarca, lamentando que novamente “todos os prazos tenham expirado e nada tenha sido feito”.

 Iniciado em 2002, “estamos em 2018 e continuamos com o processo sem qualquer tipo de desenvolvimento”

 

A autarca lamenta que a criação do Centro para a Promoção e Valorização do Tapete de Arraiolos “continue única e exclusivamente nas mãos do Governo” a quem cabe a “competência de desenvolver todo o procedimento”.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31