Imprimir esta página

“A atividade agrícola tem um relevo indiscutível na nossa região”, diz presidente da CCDRA

Regional 06 Mar. 2013

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Alentejo (CCDRA) organizou uma conferência no passado dia 5 de Março com vista à preparação do próximo quadro comunitário.

Com inicio às 14h15m, a conferência “Plano de Ação Regional Alentejo 2020”, contou com a intervenção de diversos oradores, que ao longo da tarde apresentaram um conjunto de temáticas de ajuda à reflexão sobre as ideias de desenvolvimento territorial,com vista à organização de um plano de ação participado pelos vários agentes da sociedade civil e que deverá estar concluído ainda no decorrer do primeiro semestre deste ano.

António Costa Dieb procedeu à abertura dos trabalhos. Em declarações à Rádio Campanário o presidente da CCDRA, referiu que esta conferência vem no seguimento de um conjunto de encontros com vários agentes de todos os setores de atividade públicos e privados em torno do que são as expetativas das populações, afim de refletir como se chegou até ao dia de hoje, e quais são as expetativas e trabalhos no sentido de concretizar um plano que permita chegar aos objetivos que todos visionamos.

Relativamente à presença do Secretário de Estado Adjunto da Economia e Desenvolvimento Regional, António Dieb disse que o governante deixou uma saudação sobre a forma como o processo de discussão estratégico tem vindo a ser participado por todos ao agentes e a forma como as ideias concretas e objetivadas têm sido apresentadas.

{saudioplayer}http://radiocampanario.com/sons/dieb_6marco.MP3{/saudioplayer}

De salientar que amanhã, pelas 15 horas, decorre no Auditório da CCDR do Alentejo uma conferencia sobre áreas urbanas portuguesas, onde vão ser debatidas diversas questões: Como deve o Pais investir nas suas áreas urbanas? Que projetos devem ser financiados em Évora no âmbito do próximo Quadro Comunitário de Apoio 2014-2020? Que estruturas devem gerir este financiamento?

No início da próxima semana decorrerá um calendário de nove sessões temáticas em toda a região Alentejo.