A chuva fez a sua “aparição”no Alentejo mas não chegou para alegrar os agricultores

Regional Escrito por  03 Mar. 2022

A falta de chuva no outono/inverno que praticamente inviabilizou as culturas de cereais no Alentejo e tem obrigado a um reforço da rega nas culturas de regadio em pleno inverno, com o agravamento dos custos de produção, embora discretamente fez-se notar esta manhã de 3 de março de 2022, um pouco por todo o Alentejo.
 
Havendo agora a expectativa de que possa ainda chover de forma a minimizar a atual situação e recarregar os aquíferos e permitir o desenvolvimento das pastagens.
 
Uma situação que para já não vai alterar muito o nível de água das barragens está em mínimos históricos em Portugal.
 
Por enquanto, o consumo para uso humano está garantido, mas na agricultura e na pecuária a falta de água está a ter consequências dramáticas.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31