Alentejo

“A exploração imensa da Terra pode ter interferência na qualidade da água que consumimos”, diz presidente da ARS Alentejo (c/som)

Publicado em Regional 20 setembro, 2018

Portalegre acolheu esta quarta-feira (19 de setembro), o 2º Congresso Melhor Alentejo, do movimento de cidadania homónimo, que congregou governantes, autarcas, empresários e académicos, para debater os problemas da região, entre eles as infraestruturas e a demografia.

Sob o lema «Juntos somos Melhor Alentejo», contou com a presença do Presidente da República, e dos ministros do Ambiente e das Infraestruturas.

No âmbito do tema «água» discutido no congresso, José Robalo, presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, destaca como preocupação, “a qualidade da água que bebemos”.

“Não é só termos água, é termos efetivamente água de qualidade”

Esta preocupação decorre da “exploração imensa da terra”, nomeadamente na agrícola intensiva, que recorre muitas vezes ao uso de produtos químicos “que eventualmente podem ter interferência na qualidade da água dos nossos aquíferos e das águas de superfície”, e consecutivamente ser prejudiciais para a saúde.

 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31