×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63
JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 68

Alentejo

“A proteção civil começa em cada um, e não podemos estar sempre à espera que seja o Estado a fazer”, diz à RC o presidente da ANEPC (c/som)

Regional 09 Abr. 2019

Os meios de combate a incêndios vão ser reforçados este ano com operacionais, viaturas e meios aéreos. A par deste reforço, têm vindo a decorrer ações de limpeza de terrenos florestais, junto a estradas e a casas isoladas.

Mediante a aproximação da época de incêndios, Mourato Nunes, presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), diz à RC que a entidade está “tranquila e as populações também podem estar”.

“A proteção civil começa em cada um, na defesa da área onde vive e na ligação que tem aos seus concidadãos”
Mourato Nunes

O dirigente realça que “cada um de nós é um agente de proteção civil”, pelo que toda a população deve fazer a sua parte, e não estar “sempre à espera que seja o Estado ou os outros a fazer”.

A preparação a nível da proteção civil “está o melhor possível dentro daquilo que é necessário”, com trabalho já feito, e “em vias de ser feito”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31