Evora

Administração do Hospital de Évora discorda da decisão do Tribunal de Contas

Regional 23 Out. 2019

Depois das conclusões de uma auditoria do Tribunal de Contas ao Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE), a presidente do conselho de administração do HESE, Maria Filomena Mendes, discorda das conclusões.

Maria Filomena Mendes, em declarações ao semanário SOL, refere que embora discorde da decisão vai “notificar os médicos” com funções de chefia para a devolução do dinheiro recebido a mais “na sequência das recomendações do Tribunal de Contas”.

A presidente do conselho de administração do HESE defende que “os pagamentos não foram indevidos”, acrescentando ainda que “a nomeação foi feita de acordo com a competência gestionária”.

A administração do HESE vai reunir para tomar decisões relativamente às recomendações do Tribunal de Contas, mas Maria Filomena Mendes relembra que “o HESE tem 3 meses para informar o tribunal sobre a decisão tomada”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30