05 Ago. 2021
Augusta Serrano
Notícias
17:00-19:30

Alentejo

Alentejo: aumenta número de jovens agricultores. Há mais mulheres neste setor.

Regional 12 Jun. 2021

Em apenas três anos, a percentagem de jovens agricultores no Alentejo duplicou, passou de 2% para 4% (por cento). E as mulheres estão cada vez mais presentes nesta área que é quase exclusivamente ocupada por homens.

Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), referentes ao Recenseamento Agrícola de 2019, existem 26 657 produtores agrícolas do Alentejo, destes 1094 têm menos de 34 anos, correspondendo a 4% do total. Em 2016, essa percentagem andava em torno dos 2% (por cento), já em 2019 essa percentagem era de 2,8 por cento.

O documento mostra ainda que já há dez anos existiam 29 292 agricultores recenseados na região agrária do Alentejo e desses apenas 818 com menos de 34 anos, segundo a análise dos dados disponibilizada no documento*.

É nos escalões etários mais altos que se regista um maior abandono da atividade (chegando a representar uma queda de cerca de 12%): dos 26 142 agricultores com mais de 45 anos que estavam registados em 2009, passou-se para 23 200 em 2019, aqui se acentua esta queda.

Segundo o documento, apesar deste abandono da atividade, este afastamento desta atividade, é apenas masculino, já que há cada vez mais mulheres a dedicarem-se à agricultura. Em 2009 estas correspondiam a 6544, já na análise dos dados de 2019, são agora 7346, de acordo com o Recenseamento Agrícola, isto significa um aumento de -~11,2 por cento. Destas, 268 têm menos de 34 anos, que representa um aumento significativo em relação ao último estudo do INE que apontava para 152.

 

* O documento referido está disponível para consulta no site oficial do INE

 

Foto: ©Vidarural

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31