Alentejo

Alentejo continua a ser a região com níveis de acesso à internet mais baixos do país

Regional 27 Nov. 2018

Segundo o Inquérito à utilização de tecnologias da informação e da comunicação pelas famílias, divulgado pelo Instituto nacional de Estatística (INE) na passada semana, o Alentejo “continua a apresentar os níveis de acesso à internet e banda larga mais baixos do país”.

De acordo com os dados, a que a RC teve acesso, 71% dos agregados familiares na região alentejana têm acesso à internet e 67% à banda larga.

No computo geral, o acesso à internet em casa continua a aumentar, abrangendo 79% dos agregados em 2018, mais 2 pontos percentuais que no ano anterior e mais 26 pontos percentuais que em 2010. Destes, quase todos os agregados com acesso à internet em casa fazem-no através de banda larga.

No entanto, segundo o INE, “a proporção de utilizadores de internet diminui de forma acentuada com o aumento da idade. Se antes dos 55 anos as proporções de utilizadores são sempre superiores a 80%, o valor deste indicador reduz-se para 55% no grupo etário dos 55 aos 64 anos e para 34% no caso da população com 65 ou mais anos de idade”, pode ler-se no relatório.

Segundo o mesmo documento, “as taxas de utilização da internet são significativamente mais elevadas para as pessoas que completaram o ensino superior (98%) e para aquelas que concluíram o secundário (97%)”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31