Alentejo

Alentejo foi a região que menos cresceu em 2016

Regional 20 Dez. 2017

A Região Alentejo foi a região do país que registou o menor aumento do PIB (Produto Interno Bruto) em 2016, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A Taxa de Crescimento Real foi de 0,5%, seguindo-se a Região Autónoma da Madeira com um aumento de 0,9% e a Área Metropolitana de Lisboa com 1,2%, sendo a média nacional de 1,5%.

Este valor é o menor registado pelo Alentejo desde 2014, quando registou um aumento real do PIB de 0,8%. Contudo, em 2015, o aumento registado foi de 3,6%.

Em 2016, o valor do PIB, que determina a riqueza que uma região consegue gerar, foi estimado em 12,163 milhões de euros, pelo INE.

A Área Metropolitana de Lisboa e a região Norte do país, são responsáveis por 65% da riqueza gerada em Portugal. A região do Algarve registou o maior aumento nacional do PIB, com 2,6%. Contudo, a riqueza gerada pelo Algarve é menor que a riqueza gerada pelo Alentejo, sendo de 8,3 milhões de euros e 12,2 milhões de euros, respetivamente.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31