Alentejo

Alentejo supera média europeia de acidentes mortais nas estradas

Regional 22 Nov. 2021

Segundo os dados do Eurostat, as estradas da UE estão entre as mais seguras do mundo e, de uma forma geral, tornaram-se ainda mais seguras com o tempo. Contudo, a par da Madeira, o Alentejo supera a média europeia de acidentes rodoviários mortais por milhão de habitantes.

 Em 2019, ocorreram, em média, 52 mortes na estrada por milhão de habitantes em toda a UE. Acima da média, estão a Região Autónoma da Madeira, com 165, e o Alentejo, com 156, superando as restantes regiões do país, segundo os dados revelados esta segunda-feira pelo gabinete oficial de estatísticas da União Europeia (UE), Eurostat.

Entre os países com as taxas de incidência mais elevadas, destacam-se Luxemburgo e Bélgica, que registam 171 mortes na estrada por milhão de habitantes. Seguem-se as regiões portuguesas da Madeira e Alentejo, com 165 e 156 mortes por milhão de habitante, respetivamente. As regiões do Algarve (100), Centro (91) e Açores (86), também superam a média europeia.

Em sentido contrário, a região mais populosa de Portugal, Lisboa e Vale do Tejo, é a que regista menos vítimas mortais nas estradas, com uma média de 28 por milhão de habitantes, seguida pela região Norte que contabiliza 53 mortes nas estradas por milhão de habitantes.

Entre as médias mais baixas registadas na UE, destacam-se: Viena na Áustria (6), Estocolmo na Suécia (9) e Berlim na Alemanha (11).

Recentemente, a UE adotou o programa ‘Visão Zero’, cujo objetivo é reduzir o número de mortes nas estradas em território europeu para “quase zero” até 2050. De acordo com a estratégia estabelecida, o objetivo a curto-prazo é reduzir para metade o número de vítimas mortais e graves até 2030.

Entre 2009 e 2019, a taxa de incidência de mortes na estrada na UE diminuiu quase um terço (-32%). O desenvolvimento descendente repetiu-se em mais de nove de cada dez regiões para as quais há dados disponíveis.

As quedas mais acentuadas foram registadas em Ciudad de Melilla em Espanha (-100%), enquanto duas regiões na Grécia (Sterea Ellada e Anatoliki Makedonia, Thraki), Viena na Áustria, Västsverige na Suécia e Luxemburgo também registaram quedas de mais de 60%. Em sentido contrário, registam-se 19 regiões na UE onde a taxa de incidência de mortes na estrada aumentou durante o período considerado.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31