×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 63

Alentejo… uma região que canta o Natal (c/vídeo)

Alentejo… uma região que canta o Natal (c/vídeo) Foto: Vídeo Agência ECCLESIA
Regional 26 Dez. 2020

O padre António Cartageno, da Diocese de Beja, explica que o Natal é uma época que inspira os cantares alentejanos e que contém “um reportório grandioso”.

“É uma tradição popular que se tem vindo a descobrir e a recuperar” afirma o responsável pelo Departamento Diocesano de Música Sacra e Liturgia à Agência ECCLESIA. O padre António Cartageno reconhece que grande parte deste material se perdeu no período da República, em virtude do espírito anticlerical.

Nos anos 80 do último século, o especialista iniciou um trabalho de recolha das tradições musicais alentejanas e conseguiu recuperar muitas melodias e letras que se julgavam perdidas.

Este sacerdote sublinha a consciência teológica do povo e a sua capacidade para construir estrofes com conteúdos religiosos que requeriam conhecimento.

Nessa linha, destaca uma estrofe que se canta em Peroguarda no Concelho de Ferreira do Alentejo: “Junto à cidade de Belém há uma árvore de Jessé com três letrinhas que dizem, Jesus Maria e José”.

“Onde é que as pessoas foram buscar esta ideia da árvore de Jessé? Trata-se de um tema bíblico que aparece em Isaías… Jessé era o pai do Rei David”, explica o padre António Cartageno.

Na edição de hoje do “Cabaz de Conversas”, da Agência ECCLESIA, é recuperada uma gravação com os “Vindimadores de Vidigueira”. Este Grupo de Cante é liderado pelo padre Manuel Trindade Reis e traz o canto ao menino, uma melodia tradicional do dia de Natal.

Não sendo naturalmente um canto litúrgico, o padre António Cartageno conseguiu compor música litúrgica que bebe nas melodias alentejanas. “Já me disseram que sou o homem que pôs a Igreja a cantar à alentejano”, refere o compositor, sublinhando que o seu trabalho resultou numa reconciliação das comunidades cristãs com as suas raízes musicais mais profundas.

“Sinto-me muito feliz com isso. Esta recolha do canto popular religioso do Baixo Alentejo, foi das melhores coisas que fiz na minha vida, e com isso, ajudar o povo do Alentejo a cantar as melodias da sua terra”, acrescenta.

Veja de seguida o episódio de “Cabaz de Conversas” da Agência ECCLESIA: 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31