Alentejo

Ambientalistas da Quercus pedem estado de emergência climática para o Alentejo

Regional 07 Ago. 2019

A associação ambientalista Quercus, manifestou esta quarta feira (7 de agosto), a necessidade de ser declarado o estado de emergência climática para o Alentejo, de modo a combater a desertificação na região.

 

O presidente da associação, Paulo do Carmo, citado pelo jornal Público refere que “acho que era altura de pensarmos seriamente em fazer um desafio às várias autoridades e declarar emergência climática para o Alentejo”. 

 

Como medida de combate ás alterações climáticas, o presidente defende que “deve existir um trabalho conjunto com o Estado e as autarquias”, reiterando que se deve fazer mais pela floresta. 

 

Paulo do Carmo afirma que é preciso apostar na reflorestação da zona e olhar de forma diferente para o montado. 

 

O dirigente indicou que no montado alentejano existem 24 espécies de répteis e anfíbios, 53% das existentes em Portugal continental, 166 espécies de aves e 37 espécies de mamíferos, o que perfaz 60% das existentes em Portugal continental. 

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Maio 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31