28 Jun. 2022
Augusta Serrano
Notícias
17:00-19:30

André Ventura demite-se e convoca eleições antecipadas no CHEGA

Regional 01 Out. 2021

André Ventura referiu esta sexta-feira, conforme avançado pela Sic Notícias, que vai apresentar a demissão para convocar "eleições diretas para a presidência do partido". Esta é a reação à decisão do Tribunal Constitucional, sobre as irregularidades na convocatória para o congresso, realizado em Évora, e que aprovou uma alteração dos estatutos do partido, algo que não estava contemplado na convocatória. 

"Não podemos perder mais tempo com imbróglios jurídicos, estamos a ser alvo de perseguição das instituições", afirma.

Em conferência de imprensa, pediu eleições "o mais breve possível", acrescentando que é recandidato à presidência do partido.

Tal como a RC já tinha noticiado, o Tribunal Constitucional acabou por dar razão ao  Ministério Público (MP) considerando que o partido Chega está ilegal desde o congresso de Évora, em setembro de 2020, conforme notícia avançada pela TVI  .

Recorde-se que André Ventura já tinha confirmado ter sido notificado pelo MP sobre irregularidades na convocatória para o congresso, realizado em Évora, e que aprovou uma alteração dos estatutos do partido, algo que não estava contemplado na convocatória. 

Segundo a mesma fonte, o Tribunal Constitucional “invalidou os atos do Chega” desde o congresso “por considerar que a convocatória” foi ilegal.

Com a decisão do Tribunal Constitucional, a nova direção aprovada em maio, no Congresso de Coimbra, poderá ficar sem efeito, assim como a Comissão de Ética e o novo Conselho de Jurisdição.

O partido deverá agora ter que realizar um congresso extraordinário para repor a legalidade dos seus estatutos.

Fonte: TVI/Sic Noticías

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Junho 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30