Vila Vicosa

Apesar do chumbo a financiamento europeu, município pretende remodelar ETAR de Bencatel e construir “aquela que for de valor menos elevado” (c/som)

Regional 30 Abr. 2018

Após o chumbo das candidaturas a fundos comunitários, apresentadas pelo Município de Vila Viçosa, para a construção e requalificação das Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) do concelho, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa (CMVV) explicou à Rádio Campanário que o município pretende, ainda assim, manter a remodelação da ETAR de Bencatel, e a construção da uma em Pardais ou em S. Romão. Para tal, conta com a verba do empréstimo entretanto aprovado, de 142.196,00€, que inicialmente serviria “para fazer face ao valor que a Câmara tinha que dispor e que não era financiado”.

“As candidaturas [a fundos comunitários] foram indeferidas e agora só temos este valor, o que quer dizer que não temos condições de construir aquilo que tínhamos projetado”, explica Manuel Condenado. Pelo que, “este valor, eventualmente, será suficiente para a remodelação de Bencatel e construir uma daquelas que estavam projetadas, ou a de S. Romão, ou a de Pardais, iremos ver”.

“Depois de obtermos o financiamento, a Câmara terá que decidir” qual é que vai construir, “eventualmente aquela que for de valor menos elevado, porque a verba agora fica muito aquém daquilo que nós pretendíamos, que era obter o financiamento”, esclarece Manuel Condenado.

Segundo o Presidente da CMVV, as candidaturas terão sido chumbadas com o argumento de que “não tínhamos tudo o que era necessário para que a candidatura pudesse ser aprovada”, considerando que “não nos parece que tivesse havido muito boa vontade”, por parte dos avaliadores do projeto, “até porque o total destas duas construções eram 500 mil euros, também não era uma verba por aí além”, uma vez que são “equipamentos imprescindíveis e muito necessários para o concelho em termos ambientais”.

“Pode-se facilitar ou pode não se facilitar, o que eu me parece é que as verbas são escassas e sempre que haja ali uma coisinha onde se possa pegar, é por aí que é indeferido”. Ainda assim, Manuel Condenado reitera que “vamos apresentar novas candidaturas, não temos que ter receio de apresentar candidaturas, umas são diferidas outras são indeferidas”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31