27 Out. 2020
 
3 p’rás 5
15:00-17:00

Estremoz

Arranca “no primeiro trimestre de 2020”, obra de requalificação na zona antiga de Estremoz, com projeto de Siza Vieira (c/som)

Regional 06 Ago. 2019

Vai surgir no centro histórico de Estremoz, no quarteirão da Antiga Casa do Alcaide-Mor, um hotel de charme e várias habitações turísticas, num investimento privado.

Francisco Ramos, presidente da Câmara Municipal de Estremoz falou à RC sobre o empreendimento turístico, cujo projeto foi recentemente apresentado pelos arquitetos Siza Vieira e Carlos Castanheira.

Depois da aquisição da icónica Casa do Alcaide-Mor, edifício classificado como monumento nacional, em hasta pública por 180 mil euros, a empresa Barrocas Turismo e Lazer adquiriu “um conjunto de outros edifícios do mesmo quarteirão a particulares”.

Projeto requalifica “uma zona histórica que estava extraordinariamente degradada”
Francisco Ramos

A equipa do arquiteto Álvaro Siza Vieira está a desenvolver o projeto, que ainda se encontra sujeito a alterações nomeadamente por parte de entidades da Administração Central, mas que compreende até ao momento mais de 20 quartos, aponta. “Um conjunto daquelas casas que eram de particulares vão funcionar como suites, todas elas viradas para o hall central”, explica.

Questionado sobre valores e prazos, o autarca salienta que se trata de um investimento privado, que se traduzirá em vários “milhões de euros”, para os quais os promotores apresentarão candidatura. Avança ainda que “lá para o final do primeiro trimestre de 2020, poderá estar em condições de avançar a execução a obra”.

O presidente de Estremoz salienta que a obra vai permitir reabilitar “uma zona histórica que estava extraordinariamente degradada e que se vai tornar em mais uma referência para quem nos visita”, não apenas pelo edificado, mas também pelo seu autor, “unanimemente conhecido como um dos melhores arquitetos de Portugal, Siza Vieira”.

Da requalificação deste edifício classificado como monumento nacional, surgirá um hotel de charme e várias habitações turísticas, com a designação de "villas", onde os hóspedes poderão usufruir de todos os serviços do hotel.  Além do hotel e das villas, serão criados vários pátios, com espaços de lazer, um patamar ajardinado junto à muralha que permita todos os hóspedes e visitantes frequentar uma zona de restauração, renovando construções, usos e funções num equilíbrio sustentável onde a qualidade é desejo.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31