28 Set. 2021
Augusta Serrano;
Firmamento da Noite
22:00-04:00

Arronches - ‘Periferias’ trouxe cinema a locais menos habituais

Arronches - ‘Periferias’ trouxe cinema a locais menos habituais CM Arronches
Regional 05 Ago. 2021

Terminou ontem, em Arronches, o programa especial integrado no 9.º Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valência de Alcântara, uma iniciativa levada a efeito com natural destaque para a sétima arte, mas também com uma componente virada para os recursos naturais.

Foi precisamente este último tema que abriu o certame com uma palestra realizada na passada sexta-feira, dia 30 de julho, no Centro Cultural de Arronches onde se discutiram os ‘Valores naturais do Parque da Serra de São Mamede’. Esta foi uma sessão que teve como palestrantes os técnicos do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, João Carlos Farinha e Nuno Sequeira e que analisando, por exemplo, a morfologia, a fauna ou a flora da área, serviu como introdução para uma das atividades que tiveram lugar no dia seguinte.

O ponto alto deste festival foi a exibição de cinema no lugar de Marco, onde uma assistência, na qual se encontravam cerca de cinquenta pessoas, teve a oportunidade de desfrutar do filme ‘Surdina’, uma película escrita por Valter Hugo Mãe, com realização de Rodrigo Areias e que venceu os Prémios para Melhor Filme, Melhor Banda Sonora original (Tó Trips) e Melhor Fotografia (Jorge Quintela) no 32º Festival Internacional de Cinema de Girona, em Espanha.

Nesta noite, o vice-presidente João Crespo e a diretora do Festival, Paula Duque aproveitaram para dirigir algumas palavras aos presentes. O autarca arronchense mostrou-se satisfeito com a escolha deste concelho para promover um projeto tão interessante, sublinhando que a organização pode voltar a contar com o Município para novas atividades deste género. Por outro lado, relembrou a importância de apoiar o cinema português e espanhol, servindo também este Festival para estreitar a relação entre os dois povos. Já a diretora do Festival, Paula Duque, recordou o trabalho desenvolvido neste projeto, que já tem nove anos de existência, agradecendo a todos os que colaboraram com a organização, como é o caso do Município de Arronches, que soube entender a importância de trazer o cinema a locais zonas onde o acesso a este tipo de eventos é menor.

No sábado, decorreu então uma caminhada pelo percurso pedestre de Esperança, todo ele dentro daquilo que é a área do Parque Natural da Serra de São Mamede, em que os participantes puderam testemunhar ao vivo as informações recolhidas na palestra do dia anterior, tendo este convívio sido liderado por Nuno Sequeira, do ICNF e por Nuno Alegria do Núcleo Regional de Portalegre da Quercus.

Por fim, o festival terminou nesta quarta-feira, dia 4 de agosto, com a Maratona de filmes infantis. Apesar deste evento estar inicialmente agendado para domingo, o mesmo foi adiado para esta quarta-feira, permitindo assim a visualização das películas por parte das crianças do Centro Lúdico da autarquia. Assim, as diversas curtas metragens que compuseram esta maratona foram então exibidas no auditório do Museu de (a) Brincar.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2021 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30