Imprimir esta página

Saude

ARS Alentejo tem “cima da mesa” projeto para apoio às demências, avança presidente (c/som)

Publicado em Regional 30 outubro, 2018

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo está a desenvolver um projeto de apoio a doentes com demências, visando aumentar a sua autonomia, avança à RC, José Robalo, presidente da ARS do Alentejo.

A discussão que está em cima da mesa direciona-se para a organização dos “cuidados no que diz respeito às demências em termos de apoio não só domiciliário” assim como na criação de um espaço “como se fosse um centro de dia”, para onde os doentes com demências possam ser deslocados “durante algumas horas por dia”. Aqui encontrarão “um conjunto de técnicos que possa efetivamente dar a resposta e a estimulação necessária a estes doentes, para que eles consigam ter mais autonomia”.

“Como vamos organizar os cuidados no que diz respeito às demências está na discussão neste momento”

 

As respostas atualmente existentes são “mais generalistas”, surgindo a necessidade de encontrar formas de “tratar estas situações” específicas, que são “extremamente pesadas, não só para os doentes como para os cuidadores”.

O dirigente aponta ainda que este projeto será mais proveitoso em casos em que existe um diagnóstico precoce, possibilitando que “numa fase inicial se possa estimular o doente e usar alguns truques para que as pessoas possam permanecer no seu domicílio e ter mais autonomia”.