Vendas Novas

“As bifanas são o nosso apanágio, mas dar a conhecer o nosso património é um projeto em curso”, diz autarca (c/som)

Publicado em Regional 12 junho, 2019

Aos microfones da RC, Luís Dias, presidente da Câmara Municipal de Vendas Novas, falou sobre o turismo e as atividades económicas do concelho de Vendas Novas, e afirma que “as bifanas são o nosso apanágio, mas dar a conhecer o nosso património está em curso”.

Vendas Novas “é um ponto de paragem obrigatória há muitos anos” para quem viaja de e para Lisboa, e as bifanas são a sua imagem de marca, “mas são caraterísticas de um concelho que é de facto de passagens”, pela sua rápida confeção e consumo.

Desta forma, o autarca defende que existe no concelho “património, indústria, qualidade de vida e uma oferta gastronómica que não se fica pelas bifanas”, decorrendo semanalmente eventos que levam à cidade centenas de pessoas, que por acréscimo come a bifana. “Quem come só bifanas é quem está de passagem e não faz intenção de conhecer mais”, defende.

“A segunda parte do ADN de Vendas Novas, além das bifanas, é a artilharia”
Luís Dias

 

Questionado sobre a promoção do património que o Município tem levado a cabo, nomeadamente nas casas de bifanas, o autarca diz que “está implementado um projeto nessa área”, nomeadamente com uma aplicação divulgada também nestes espaços comerciais, onde passam diariamente centenas de pessoas.

Mais avança que “a segunda parte do nosso ADN, além das bifanas, é a artilharia”, área onde “temos coisas únicas para mostrar”, nomeadamente com “um museu que é único na Europa, o Museu de Artilharia ao ar livre”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31