Castelo de Vide

Assinado o auto de consignação para a construção da nova Zona Industrial de Castelo de Vide

Assinado o auto de consignação para a construção da nova Zona Industrial de Castelo de Vide Fotos: Facebook António Pita - Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide
Regional 11 maio 2020

O Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide, António Pita, anunciou, na sua página de Facebook, foi assinado esta segunda-feira, dia 11 de maio, o auto de consignação para a construção da nova Zona Industrial de Castelo de Vide.

“Durante décadas, e por sucessivos mandatos autárquicos, muito se falou da inexistência de uma Zona Industrial que pudesse impulsionar o desenvolvimento do setor industrial e comercial do nosso Concelho. Circunstâncias diversas ditaram que tal nunca tivesse sido possível. Não nos resignámos e agora é tempo de ação!

Com a assinatura do Auto de Consignação celebrado esta manhã começam assim as obras de Requalificação da Zona Industrial de Castelo de Vide, as quais terão no futuro uma importância decisiva porque:

1° - Vão permitir que empresários locais já instalados e com atividade ativa tenham condições para expandir, reorganizar e modernizar as atuais condições de trabalho, podendo ser mais competitivos e concorrenciais.

2° - Vão dar mais opções de crescimento ao setor industrial/comercial fomentando a instalação de novas empresas e novas atividades independentemente da classificação, pois a construção de uma ETAR no local permitirá responder a distintas necessidades.

3° - Irão contribuir para a gradual limpeza da paisagem urbana e periurbana na medida em que um número considerável de empresários (sobretudo ligados à construção civil) foram criando nela estaleiros improvisados que são elementos dissonantes a corrigir.

4° - Por fim, e consequentemente, irão promover mais emprego e novas oportunidades de crescimento económico no Concelho.

Esta empreitada a cargo da URBIGAV, Construções e Engenheira, SA, tem como fiscal de obra o técnico municipal José Fernando Dias, estando previsto para a sua execução uma duração de 420 dias e o valor de 1 150 847,09€ (c/IVA), sendo que o Município irá beneficiar de uma contrapartida de cerca de 85% de fundos comunitários.

Para além dos novos lotes (12), a Autarquia está a tentar recuperar antigos lotes abandonados que, infelizmente, nunca tiveram uso, de modo a ampliar e maximizar as respostas com futuras bolsas de terrenos disponíveis de modo a chegar-se aos 25 000 m2, distribuídos por 17 lotes.

Neste novo Plano de Pormenor fica também já projetado uma segunda fase de expansão para que, mais tarde e num segundo momento, o Município em caso de necessidade possa estender a Zona Industrial para norte e com uma ligação direta à EN 246/Alpalhão no sítio das Limpas da Melriça.

O processo de regulamentação da venda de lotes acompanhará o decurso da obra, pelo que brevemente será efetuada uma divulgação pública específica para o efeito, bem como das restrições do acesso aos serviços da Valnor”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31