baixo alentejo

Autarcas do Baixo Alentejo querem que governo dê prioridade às acessibilidades da região

Publicado em Regional 17 julho, 2018

A Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo (CIMBAL) exigiu ontem que o Governo dê "prioridade" às suas reivindicações para que sejam criadas as "condições necessárias" para que a região possa ter "um futuro auspicioso", no que diz respeito aos investimentos nas acessibilidades. Esta exigência surgiu de uma tomada de posição pública aprovada numa reunião do Conselho Intermunicipal da CIMBAL, em que participaram sete autarcas, todos socialistas, dos 13 municípios (nove liderados pelo PS e quatro pela CDU) que compõem aquele órgão.

O documento foi aprovado pelo vice-presidente da Câmara de Aljustrel e pelos presidentes dos municípios de Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Ferreira do Alentejo e Mértola.

Entre as exigências explanadas no documento, encontram-se a rodovia e a ferrovia, com especial ênfase na eletrificação do troço Beja até Casa Branca.

No caso deste último os autarcas afirmam que é "essencial para melhorar a única ligação ferroviária de que a capital do distrito de Beja dispõe" e "a única alternativa possível" para a região continuar a ter um serviço ferroviário que a ligue ao resto do país.

Defendendo ainda que seja "tornado transitável" o desativado troço ferroviário Beja/Funcheira para permitir a circulação de comboios entre o Alentejo e Algarve.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Agosto 2018 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31